Surpresas de Viagem

Elizabeth Souza Cruz

Elizabeth Souza Cruz

Surpresas de Viagem

A jornalista-poeta-escritora-trovadora-caçadora de cometas Elisabeth Sousa Cruz divide com os leitores, todas as terças, suas impressões a bordo do que ela carinhosamente chama de “Estação Caderno Light”, na coluna Surpresas de Viagem.

26/11/2019

Cruzando a esquina das ruas Augusto Cardoso e Eugênio Müller, dei de cara com o geógrafo Thomaz Morett. Antes de um “boa tarde”, eu o intimei: “Você tem o dever de fazer uma palestra sobre sua  trilha – Lumiar a Teresópolis!” E expliquei que viver uma experiência dessa e não a transmitir, seria como receber a luz e perdê-la. Agora, tenho diante  de mim o “Diário de um peregrino solitário”, no Caderno Z. E mando aqui meu agradecimento: “Thomaz, você cumpriu muito bem o seu dever!”.

Leia mais
19/11/2019

“Cuide bem de seu corpo para que sua alma tenha prazer em habitá-lo”. O pensamento é de um mestre de yoga e é assim que o instrutor do Samsara Estúdio de Yoga, Igor Fonseca, vem abrilhantar o Caderno Z, com o tema “Mente e Corpo, a relação perfeita”. Igor explica que “nosso corpo é uma grande casa e, como todo lar, ele guarda nossas maiores lembranças, sonhos, desejos e afetos”.

Leia mais
12/11/2019

Diante de uma garrafa de vinho, quem é que pede licença para abri-la e, ainda por cima, faz um gesto de reverência para o seu conteúdo? Quem é que se debruça sobre uma boa taça de vinho para erguer um brinde aos vinhedos pela preciosidade de sua produção? Pois o Caderno Z nos trouxe uma exaltação ao tema, e eu sinto como é bom beber tantos conhecimentos. “Vinho e história se entrelaçam de tal maneira que não se pode dissociá-los”. Desde os seus primeiros mestres, os gregos, aos dias de hoje, coisa alguma se perdeu em termos de qualidade.

Leia mais
05/11/2019

Antigamente, quando se queria traduzir um ambiente carregado ou uma fase complicada da vida, dizia-se “A bruxa está solta!”. Hoje, apesar das crises e dos tempos tumultuados, as bruxas ganharam uma espécie de vassouras turbinadas e estão, a todo vapor, no dia a dia da gente. Tamanha é a presença delas que o Dia das Bruxas, cada vez mais, ganha vitrines temáticas nas lojas de artigos para festas. Uma curiosidade que o Caderno Z nos traz é que no Brasil criou-se o Dia do Saci, em 31 de outubro, mas, o nosso personagem travesso não conseguiu ainda desbancar as bruxas.

Leia mais
26/10/2019

Quando lancei meu livro “Do tanque ao jornalismo”, muita gente pensou que o título fosse uma sátira ao meu estreito mundo doméstico. Na verdade, era uma análise  de que entre a área do tanque e o jornalismo há um enlace perfeito, porque as duas áreas cuidam da transparência dos ambientes. E agora, no auge de 2019, o Caderno Z vem promover a economia doméstica, dando às donas de casa o título de “empreendedoras”. A justiça tarda, mas não falha!

Leia mais
22/10/2019

O Caderno Z esbanja juventude, perguntando: “Você é uma pessoa idosa ou velha?”. E explica: “Idosa é uma pessoa que tem muita idade. Velha é a pessoa que perdeu a jovialidade”. Eu, por exemplo, se me perguntam sobre idades, eu digo, de boa, que não troco a minha cabeça de hoje pela face de ontem. Isso porque o tempo que faz rabiscos por fora é o mesmo que pode desenhar paisagens lindas por dentro. É por essa razão que vemos a atriz Fernanda Montenegro, aos 90 anos, em plena atividade, realizando sonhos.

Leia mais
08/10/2019

Iniciamos nossa viagem tendo como guia aquele Francisco, o de Assis, que precisa morar dentro de nós. Em 4 de outubro celebra-se o seu dia, mas, que ele nos acompanhe durante todos dias do ano. Ele, que deixou a vida mundana, de prazeres e orgias, “foi ser pobre na vida”. Aí, sim, São Francisco descobriu sua riqueza: ser “irmão do sol, das águas, das estrelas e dos animais”. Ser assim parente da natureza é dever de todos nós, porque fazemos parte da grande família universal.

Leia mais
01/10/2019

Com um Guilherme Alt mais leve, com menos de 32 quilos, vamos engordar nossos anseios, porque o Caderno Z deste fim de semana criou desejos. Não sendo um agente publicitário, mesmo assim, já despertou a necessidade de mandar para dentro uma dessas delícias da “Hamburgueria Nagrelha” - o hambúrguer que começou em grelha de churrasqueira. É interessante conhecer a receita do sucesso do empreendimento: coragem e pé na tábua. Era tão primário, que o primeiro motoboy “nem era entregador”. Hoje são sete profissionais que fazem as entregas. A equipe inicial era com cinco pessoas.

Leia mais
24/09/2019

Vamos percorrer os caminhos do Caderno Z ao som de “As Rosas não falam”. Mas quem disse que elas não falam, ilustre mestre Cartola? As rosas estão aí, falando por meio da sensibilidade de seus matizes e perfumes. É o “tempo de flores, cheiros, cores, abelhas e borboletas”. É, finalmente, a primavera! “Os animais e as plantas tendem a sair de um estado de hibernação...” e nós também vamos deixando os agasalhos nos cabides e nos deliciando com a beleza da natureza.

Leia mais
17/09/2019

O Caderno Z vem festejar o Dia Nacional do Musicoterapeuta, 15 de setembro, trazendo-nos uma edição que “soa como música para os nossos ouvidos”. Não foi sem razão que o filósofo Arthur Schopenhauer elegeu a música como a soberana das artes, capaz de libertar o homem para um estado de contemplação e atingir o sublime. Rubem Alves, bem lembrado por Ana Borges, não se tornou um pianista, como fora o seu sonho, mas nos tocou “Na morada das palavras”, dando à música a capacidade de até nos fazer “retornar a um passado que nunca aconteceu”.

Leia mais