Uma cidade, muitos desafios

sexta-feira, 10 de abril de 2015
por Jornal A Voz da Serra

É COMUM observar na paisagem friburguense a presença de inúmeros locais onde falta quase tudo na infraestrutura, como calçamento, iluminação pública e rede de esgotos, agredindo os princípios de saúde pública, o código de posturas e os cidadãos, como constatou o jornal na seção A VOZ DOS BAIRROS sobre o Nova Suíça, na edição de quinta-feira. Tais deficiências são apenas algumas “visões” dentre outras dificuldades que o governo enfrenta para dar à cidade, prestes a completar 200 anos, uma cara nova, digna do século 21, como sonham inúmeros friburguenses. 

SOMADAS a tantas outras propostas, a melhoria do padrão urbanístico existente hoje, que é carente de definições e fiscalização, consta na pauta de governo com o aval do prefeito Rogério Cabral. A poluição visual, fora o desrespeito à lei, está crescendo de todas as formas na cidade, sem que se tomem medidas para combatê-la eficazmente. E com isso a cidade empobrece.

É CONHECIDA por muitos brasileiros a tradição europeia do município, e a cidade tem se beneficiado disso turisticamente. Contudo, da imagem para a realidade é bem diferente. Afora alguns bairros que mantiveram suas matas e tradições e assim valorizaram o mercado imobiliário, muitos outros carecem de medidas urbanísticas que possam responder ao ”padrão europeu” do imaginado turismo.

EXISTEM muitos exemplos que apontam as dificuldades de se promover o desenvolvimento municipal conjugando os interesses do governo com todos os setores da sociedade. Mas também existe consenso quanto à necessidade de se impedir o avanço de práticas irregulares que aumentam ainda mais os desafios da administração, preservando a qualidade de vida da população e a natureza.

A VITÓRIA de Rogério Cabral, em 2012, trouxe à cena política friburguense grupos que o ajudaram a consolidar sua vitória e também conquistaram cadeiras na Câmara. São políticos que podem colaborar de forma marcante para o sucesso de seu governo. Como homens públicos são sensíveis aos apelos da sociedade, fazem parte em diversos escalões do governo e espera-se deles uma atuação que responda a essa expectativa dos eleitores.

A VONTADE POPULAR foi manifestada nas urnas optando pela vitória de Rogério. Cabe a ele, agora, tornar real o sonho e para isso, apesar do tempo exíguo, precisará de uma equipe de trabalho que responda da melhor maneira possível aquilo que foi proposto. Nova Friburgo tem jeito e pode crescer ainda mais. Assim espera o cidadão.

TAGS: Rogerio Cabral | Urbanização | Nova Friburgo