Uerj celebra 20 anos da 1ª turma de engenharia em Friburgo

Vinte e cinco com especialização em mecânica foram formados no IPRJ. Placa comemorativa marca homenagem
segunda-feira, 01 de abril de 2019
por Jornal A Voz da Serra
A placa comemorativa é descerrada (Divulgação)
A placa comemorativa é descerrada (Divulgação)

O Instituto Politécnico da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IPRJ/Uerj), em Nova Friburgo, celebrou, na última quinta-feira, 28 de março, os 20 anos de ingresso da primeira turma do curso de engenharia mecânica com uma placa comemorativa. Engenharia mecânica foi o primeiro curso de graduação aberto no instituto. O reitor Ruy Garcia Marques e a vice-reitora, Maria Georgina Muniz Washington, participaram do evento.

A equipe foi recebida pelo diretor do IPRJ, professor Ricardo Carvalho de Barros, que abriu a comemoração e ressaltou as conquistas do Instituto – criado em 1989 e incorporado à Uerj em 1993 – ao longo das últimas décadas. Segundo Barros, a marca de distinção acadêmica do IPRJ reforça a capacidade de pesquisa da área de engenharia.

Dos 39 alunos ingressantes da primeira turma, em 1999, pelo menos 25 se formaram engenheiros mecânicos. Para o diretor, uma das alegrias a serem destacadas é o fato de ex-alunos dos cursos da unidade serem hoje professores (substitutos ou efetivos) da casa. Ele fez questão de também registrar e agradecer as presenças de docentes, coordenadores, chefes de departamentos, servidores e colaboradores na cerimônia.

A vice-reitora enfatizou o fato de ter estudado no IPRJ em Friburgo – ela cursou o doutorado em Modelagem Computacional – e também parabenizou toda a equipe pelas conquistas. Já a sub-reitora de graduação, professora Tânia Maria de Castro Carvalho Netto, reforçou: “A história do IPRJ é uma história de competência técnica e um exemplo de formação na graduação e na pós-graduação”, observou.

Antes de participar do descerramento da placa, o reitor também congratulou a equipe e ressaltou a importância das visitas às unidades externas ao campus Maracanã. “O IPRJ é um caso de sucesso do programa de interiorização da Uerj”, celebrou.

Após as homenagens, diversos integrantes da equipe do Instituto se reuniram com a Administração Central para conversas sobre avanços, demandas e pontos de melhoria a serem implantados. Para o reitor, após o período de fortes adversidades enfrentadas em 2016-2017, o momento atual é de retomada. E, segundo ele, poder conversar diretamente com representantes das diversas unidades da Uerj tem um excelente efeito prático.

Ricardo Barros pontuou que o encontro foi produtivo, comprovando a importância das visitas. “Ficamos muito felizes com esse reconhecimento dado ao nosso curso de Engenharia Mecânica e, em seguida, essa reunião, de forma objetiva, foi muito importante para abordarmos os pontos em que precisamos avançar como campus da universidade”, finalizou.

Também participaram da visita a sub-reitora de Extensão e Cultura, professora Elaine Ferreira Torres, e o professor Luís Antônio Campinho Pereira da Mota, diretor do Centro de Tecnologia e Ciências (CTC). Além da Engenharia Mecânica, o IPRJ conta ainda com a graduação em Engenharia de Computação e com os programas de pós-graduação em Modelagem Computacional (PGMC) e em Ciência e Tecnologia de Materiais (PPG-CTM). O IPRJ/Uerj Friburgo funciona em dos complexos da Fábrica Filó, no bairro Vila Amélia.  

 

TAGS: