Tempo de melhorar

quinta-feira, 14 de maio de 2015
por Jornal A Voz da Serra

INDICES econômicos divulgados pelo indicador Serasa Experian mostram que aumentou a inadimplência com cheques no país no mês de março, ficando em 2,35. Este foi o pior março de toda a série histórica iniciada em 1991. A principal razão para o aumento de cheques sem fundos é a retração da economia nacional gerando redução do emprego, sobretudo com carteira assinada, com a conseqüente diminuição da renda.

PESQUISAS como esta apontam que o comércio varejista respira o mesmo ar da crise econômica em países como a Grécia, Espanha e Portugal. O setor varejista vem apresentando retração e acena para a trajetória descendente, incorporando a crise com perspectivas negativas para o segundo semestre.

O COMÉRCIO friburguense também reflete o quadro nacional e procura cada vez mais inserir-se como polo de consumo, contribuindo com o crescimento da renda municipal, assim como gerando novos empregos. Apesar das vendas do comércio registrarem no país a maior queda desde 2003, a movimentação do comércio no último Dia das Mães, registrando aumento nas vendas, confere à cidade um status de liderança econômica regional de forma positiva.

A ATIVIDADE comercial também vem sendo influenciada com a presença de grandes magazines reforçando a qualidade das compras de Nova Friburgo. Prova da importância dessas redes é o grande número de turistas que procuram a cidade para as compras. Basta percorrer as lojas e os shoppings num final de semana para se perceber esta influência.

OS NOVOS rumos da economia mundial determinam uma nova visão empresarial da qual o comércio poderá se beneficiar enormemente. Cabe aos empresários perceberem estas novas tendências, garantindo cada vez mais o seu lugar no sol. Nova Friburgo, assim como as demais cidades, só tem a ganhar.

ALÉM DA vontade empresarial, é necessária também a participação dos poderes públicos promovendo o nosso desenvolvimento, valorizando a produção friburguense, seus produtos e serviços. Através do esforço conjugado será possível superar as dificuldades, ampliando o universo comercial de Nova Friburgo. E esta combinação dá bons resultados.

TAGS: mercado | comércio | negócios | trabalho | Emprego | economia | Nova Friburgo