Tecnologia emperrada

sábado, 04 de julho de 2015
por Jornal A Voz da Serra
OS AVANÇOS da tecnologia vêm produzindo um boom de consumo em todo o país, durante todo o ano. Por todos os lugares, televisores de plasma, computadores e laptops, aparelhos de vídeo, tablets, celulares e um sem número de utilitários são consumidos e contribuem para facilitar a vida nas cidades, melhorando, consequentemente, a qualidade de vida da população.

Muitos equipamentos viram 'elefantes brancos'
A EDUCAÇÃO foi enormemente favorecida pela tecnologia da informação e hoje já não vivemos na escuridão dos excluídos. Em maior ou menor escala, o Brasil absorveu a TI e hoje é meta dos governos informatizar todas as escolas públicas, com acesso gratuito à banda larga e à internet. E também os professores foram beneficiados com doação de equipamentos ou facilidades para a sua aquisição.

O ACESSO ao crédito, facilitado pelas enormes condições de pagamento hoje oferecidas, impulsionou o comércio de eletrônicos, a ponto de se transformar em verdadeira febre de consumo largamente difundido por todas as idades, em todas as escalas sociais. Responder a essa procura com equipamentos de qualidade, porém, ainda é um nó difícil de desatar.

DEVIDO AO GRANDE número das fábricas de equipamentos, o serviço técnico oferecido aos consumidores ainda não atende plenamente os usuários. São poucas as redes de assistência técnica de produtos consumidos em larga escala, impondo ao consumidor uma via-crúcis em busca de um serviço de qualidade e por um bom preço.

NOVA FRIBURGO não foge à regra e muitos usuários têm reclamado, e com razão, da rede de assistência técnica oferecida na cidade. Marcas consagradas não têm uma garantia de serviço no município, obrigando muitas vezes o consumidor a enviar o seu equipamento a outros locais. No interior, raras são as cidades que oferecem a necessária assistência.

O MERCADO de produtos eletrônicos estará sempre em alta, tendo em vista a multiplicidade de produtos oferecidos à população. Contudo, apesar dos avanços, não conseguimos estabelecer uma rede de serviços confiável, procurando apresentar um atendimento rápido e eficiente. Infelizmente, a tecnologia avançou, mas a grande malha de assistência técnica não.

 

TAGS: tecnologia | assistência técnica