Rogério Cabral: “Vou entregar uma prefeitura arrumada e com poucos problemas”

Atual prefeito e seu substituto devem se reunir nesta quinta na Prefeitura para dar início ao processo de transição
quarta-feira, 05 de outubro de 2016
por Márcio Madeira
Rogério Cabral: “Vou entregar uma prefeitura arrumada e com poucos problemas”

Minutos após o encerramento da apuração, no último domingo, 2, o prefeito Rogério Cabral já estava no ar pela Rádio Nova Friburgo AM e pela TV Zoom, sendo entrevistado pelos jornalistas da Rede da Democracia — que integra os dois veículos de comunicação e também A VOZ DA SERRA — e manifestando seu total apoio a um processo de transição transparente e gradual. 

O movimento iniciado ali, com os cordiais cumprimentos entre os atual prefeito e o candidato que havia sido eleito instantes antes para o substituir, deve ganhar contornos oficiais com uma reunião hoje, 6, no gabinete do prefeito, entre o presente e o futuro do Poder Executivo municipal.

A fim de registrar as importantes palavras ditas por Rogério, A VOZ DA SERRA publica suas principais declarações, dadas no calor da emoção, logo após ter perdido a primeira eleição de sua vida, na oitava vez em que se candidatou.

- “No dia da eleição, pela manhã, orei pedindo a Deus que acontecesse o melhor para Nova Friburgo. A cidade não pode parar, nem voltar ao passado.”

- “Renato Bravo vai encontrar uma prefeitura muito melhor do que a que eu encontrei. Equipei a prefeitura e recuperei a credibilidade de Nova Friburgo que hoje é referência em transparência.”

- “A receita do turismo triplicou.”

- “Vou entregar uma prefeitura arrumada e com poucos problemas.”

- “Estou tranquilo, vou continuar o governo até o dia 31 de dezembro, da mesma forma como fiz até agora, para entregar uma cidade arrumada, organizada.”

- “O maior desafio de Renato Bravo será administrar a cidade com o orçamento aprovado para 2017, que será menor que o de 2016. E, ao mesmo tempo, lidar com as demandas da saúde, que cada vez exigem mais do prefeito.”

- “Fizemos muita coisa, saneamos muito. A UPA está sendo paga pela prefeitura, do contrário não estaria funcionando...”

- “A crise aumentou a procura de pacientes pelas unidades do SUS. Muita gente não tem mais plano de saúde.”

- “Perdi a eleição, mas estou orgulhoso. A população me confiou sete mandatos consecutivos.”

- “Vou continuar sendo o mesmo Rogério. Vou trabalhar o resto da vida por Nova Friburgo, e mesmo assim nunca irei pagar a dívida que tenho com o povo.”

- “Ao longo destes últimos meses de governo vou continuar tentando liberar recursos para projetos já empenhados, como as ciclovias, a Avenida Brasil e a reforma do Raul Sertã.”

- “Tudo que puder entregar até dezembro, farei.”

- “Espero que Renato Bravo dê sequência aos cerca de 120 projetos que estão em andamento no Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP).”

- “Não me arrependo de nenhuma decisão tomada. Posso ter perdido votos com a Estação Livre. Ela vai precisar de ajustes.”

- “Os cortes dos eucaliptos da praça também podem ter me prejudicado, mas essa ação salvou vidas. Num temporal recente caíram árvores pela cidade, mas nenhuma na praça. Talvez, se não tivesse feito a poda, tão criticada, tivéssemos registrado mortes na praça.”

- “Ainda é cedo [para especular sobre o futuro político], mas estarei sempre à disposição de Nova Friburgo.”

TAGS: Eleições 2016