RJ-116, liberada de piquetes, deve receber 90 mil veículos no feriadão

Previsão é da concessionária Rota, que já deixou de cobrar pedágio de caminhões com eixo suspenso
quarta-feira, 30 de maio de 2018
por Jornal A Voz da Serra
RJ-116, liberada de piquetes, deve receber 90 mil veículos no feriadão

Desde a manhã desta quarta-feira, 30, a RJ-116 está com todo o seu trecho de concessão de 140 quilômetros (Itaboraí – Nova Friburgo – Macuco) liberado para o fluxo de veículos leves e pesados. Com isso, a Concessionária Rota 116  prevê que os cerca de 90 mil motoristas que deverão circular pela rodovia durante o feriado prolongado de Corpus Christi não enfrentarão nenhum tipo de congestionamento na via. 

As manifestações dos caminhoneiros tiveram início na sexta-feira, 25, nos trechos dos Kms 19 e 39, em Cachoeiras de Macacu, e no Km 138, em Macuco, onde impediam a passagem de caminhões em ambos os sentidos. A  Rota monitorou  as manifestações com o apoio do Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual (BPRv). 

A empresa vem cumprindo desde terça-feira a Medida Provisória 833/2018 da Presidência da República que determina a isenção de cobrança a caminhões com eixo suspenso que circulem pelas quatro praças de pedágio da RJ-116. A concessionária já enviou ofício à Agetransp sobre a normatização da cobrança.

 Durante o feriadão de Corpus Christi, a concessionária colocará todo o seu efetivo operacional no serviço de apoio aos usuários. Em caso de emergência, os motoristas devem ligar para 0800-282-0116 para solicitar serviços como guinchos, viaturas de inspeção de tráfego, ambulâncias-resgate, caminhões para apreensão de animais, carros-pipa e equipe especializada para atendimento a acidente envolvendo produtos perigosos. Os veículos e equipes estarão posicionados em pontos estratégicos da rodovia, durante 24 horas.

Aempresa alerta que os motoristas  devem tomar cuidado com a velocidade máxima permitida, pois os radares estarão sendo operados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

TAGS: Greve | Turismo