Programa Cidade Inteligente será inaugurado no dia 7

Além das câmeras, entrará em operação um aplicativo que promete criar linha direta entre cidadão e órgãos públicos
quinta-feira, 30 de julho de 2015
por Jornal A Voz da Serra
32 câmeras de alta definição serão utilizadas para monitorar a cidade
32 câmeras de alta definição serão utilizadas para monitorar a cidade
Com inauguração confirmada para o próximo dia 7 de agosto, às 11h, com presença do governador Luiz Fernando Pezão, o programa Cidade Inteligente não será limitado ao monitoramento de vias públicas através das 32 câmeras que já foram testadas e aprovadas durante o último carnaval. Além delas, também entrará em operação no mesmo dia o aplicativo Cidade Inteligente, que promete criar uma via de comunicação direta entre a população e os mais variados órgãos públicos, através de um processo de triagem de acordo com a natureza da demanda a ser comunicada.

Ajudará muito na questão da segurança

Eliana Amil

A estrutura disponibilizada ao município foi originalmente desenvolvida pelos Professores Gil de Carvalho (Coordenador) e Joaquim Teixeira de Assis, do Instituto Politécnico do Rio de Janeiro/Uerj, com recursos da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), e será administrada pela Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissionalizante e Superior de Nova Friburgo. Membros da Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana e a Polícia Militar também terão acesso contínuo à Central de Monitoramento, ao passo que todas as demais secretarias — e também algumas concessionárias — irão receber demandas enviadas pelos usuários do novo aplicativo.

De acordo com a secretária municipal de Ciência e Tecnologia, Eliana Amil, no primeiro momento o aplicativo ficará restrito à plataforma Android, mas deverá estar acessível a todos os sistemas até o fim do ano. “O aplicativo Cidade Inteligente possibilitará um novo meio de comunicação entre a população e o governo municipal, por meio do aplicativo móvel. O usuário poderá enviar um registro e acompanhar a situação do atendimento. Ele estará disponibilizado para Android já no dia 7 de agosto, e até o fim do ano para todas as plataformas.”
Ainda de acordo com Eliana Amil, a área coberta pelo programa de monitoramento alcança 25,5 quilômetros, numa rede de fibra óptica que se estende desde a Praça Lafayette Bravo Filho, em Conselheiro Paulino, até a Ponte da Saudade, com uma ramificação seguindo por Olaria até a entrada do Cônego, através da Via Expressa.

A Central funcionará 24h por dia, sete dias por semana, recebendo as imagens das 32 câmeras de alta definição — que ficarão gravadas durante um mês. De acordo com Eliana Amil, o monitoramento por câmeras atuará em duas frentes principais: segurança e trânsito. “Ajudará muito na questão da segurança. Fizemos um teste piloto no carnaval e, segundo relatos da Polícia Militar, foi um dos carnavais mais tranquilos dos últimos anos, pois, quando se via qualquer anormalidade, as viaturas eram acionadas. O mesmo ocorreu com a mobilidade urbana.”

No andar superior à central vão funcionar ainda as salas de gestão e de crise. A Central de Operações do Cidade Inteligente localiza-se na Avenida Alberto Braune 224, Centro.

 

  • 32 câmeras de alta definição serão utilizadas para monitorar a cidade

    32 câmeras de alta definição serão utilizadas para monitorar a cidade

  • 32 câmeras de alta definição serão utilizadas para monitorar a cidade

    32 câmeras de alta definição serão utilizadas para monitorar a cidade

  • O aplicativo realizará a triagem das demandas enviadas e fará o encaminhamento automático ao órgão responsável

    O aplicativo realizará a triagem das demandas enviadas e fará o encaminhamento automático ao órgão responsável

  • O aplicativo realizará a triagem das demandas enviadas e fará o encaminhamento automático ao órgão responsável

    O aplicativo realizará a triagem das demandas enviadas e fará o encaminhamento automático ao órgão responsável

  • O aplicativo realizará a triagem das demandas enviadas e fará o encaminhamento automático ao órgão responsável

    O aplicativo realizará a triagem das demandas enviadas e fará o encaminhamento automático ao órgão responsável

  • A secretária Eliana Amil , vistoriando a Central de Monitoramento

    A secretária Eliana Amil , vistoriando a Central de Monitoramento

  • A sala de crise foi montada acima da Central de monitoramento, e terá acesso às informações disponibilizadas pelo programa

    A sala de crise foi montada acima da Central de monitoramento, e terá acesso às informações disponibilizadas pelo programa

TAGS: Cidade inteligente | Monitoramento | cameras