Presente em falta

sexta-feira, 13 de maio de 2016
por Jornal A Voz da Serra
Presente em falta

ÀS VÉSPERAS da comemoração dos 198 anos de fundação de Nova Friburgo, constatamos que a desfiguração visual ainda é um problema que aponta para a falta de políticas de preservação patrimonial que evitem a poluição e ofereçam um padrão estético compatível com a qualidade de vida pretendida por todos. Como exemplo, a situação do entorno da Praça Getulio Vargas.

TAMBÉM chama a atenção o mau estado de conservação dos jardins da Praça Getúlio Vargas, cujos canteiros expõem a falta de cuidado com o maior espaço público friburguense e um dos locais mais aprazíveis do interior do Estado do Rio. A “catedral de eucaliptos” pede socorro, pois está maltratada e abandonada.

PARADA obrigatória para quem visita a cidade e local de passagem, descanso, apresentações musicais, eventos e cultos religiosos, além de painel das manifestações políticas e sociais para a população, a Praça Getúlio Vargas merece um olhar mais atento das nossas autoridades. 

EMBORA existam limitações financeiras, não se pode descuidar de “cartões-postais” de importante significado para o turismo do município. Para os turistas, mas, principalmente, para a comunidade, que possui profundas raízes afetivas, culturais e históricas estabelecidas com este local público.

CULTURA e turismo devem andar de mãos dadas no governo, promovendo o que há de melhor para friburguenses e turistas. As praças públicas revelam o muito que a cidade tem a oferecer e o abandono reflete também o descaso para outras áreas de interesse público. 

A REVITALIZAÇÃO dos espaços públicos em Nova Friburgo é um passo decisivo para torná-la agradável tanto por suas belezas naturais quanto pelo cuidado dos administradores por seu rico patrimônio. Seria um bom presente para dar à cidade. 

TAGS: praça getúlio vargas