Pesquisa de intenção de voto não é divulgada a pedido do contratante

Instituto Gerp ouviu 400 pessoas no fim da última semana em Nova Friburgo
quarta-feira, 28 de setembro de 2016
por Alerrandre Barros

A terceira pesquisa de intenção de voto para prefeito de Nova Friburgo, realizada no fim da última semana, não será divulgada a pedido do contratante, informou nesta quarta-feira, 28, o Instituto de Pesquisas Gerp. O resultado das entrevistas seria publicado na última terça-feira, 27, e mostraria também o que a população friburguense pensa sobre a gestão dos atuais governos estadual e federal.

A pesquisa foi encomendada por Vitor Oliveira Herdy, vinculado à Play Center Produções, e custou R$ 12 mil, segundo informa o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Entre os dias 22 e 24 de setembro, os entrevistadores do Gerp ouviram 400 pessoas nos oito distritos da cidade. A pesquisa não divulgada foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro com o número 01002/2016.

Candidatos empatados

A menos de uma semana para as eleições municipais, outras duas pesquisas eleitorais realizadas pelo Instituto Gerp e pela empresa R.M. Mariath devem ficar prontas na próxima sexta-feira, 30, segundo informa o site do TSE. Ao todo, cinco pesquisas foram registradas no órgão, mas somente duas foram divulgadas até o início desta semana.

No último sábado, 24, o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) revelou que o deputado federal Glauber Braga (Psol) tem 21% das intenções de voto, seguido por Renato Bravo (PP), com 18%, Grace Arruda (PMDB), com 17%, o atual prefeito Rogério Cabral (DEM), com 12%, Renato Abi-Ramia (PR), com 10% e Hugo Moreno (PSTU), com 1%. Votos brancos e nulos somam 14% e eleitores que não sabem ou não responderam, representam 6%.

A pesquisa do Ibope foi realizada nos dias 18 e 21 de setembro e tem margem de erro de 5%, por isso, aponta para um empate técnico entre Glauber, Renato Bravo e Grace em primeiro lugar. Entre as muitas perguntas constantes do extenso questionário aplicado a 406 pessoas em locais definidos por sorteio probabilístico, estavam também as de intenção de voto para prefeito na cidade. O custo do levantamento foi de R$ 34.510 arcados pela Fundação Lauro Campos, vinculada ao Psol. A pesquisa foi registrada no TRE-RJ com o número 04399/2016.

TAGS: Eleições 2016