Personalidades do Friburgo F.C. recebem homenagens na Câmara Municipal

Sessão solene comemorou os 105 anos de fundação do extinto Friburgo Futebol Clube
quarta-feira, 01 de maio de 2019
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
Homenagens marcaram as comemorações pelos 105 do extinto Friburgo Futebol Clube (Fotos: Rafael Seabra / NFFC)
Homenagens marcaram as comemorações pelos 105 do extinto Friburgo Futebol Clube (Fotos: Rafael Seabra / NFFC)

Onze personalidades dentre tantas outras, talvez milhares de nomes que ajudaram a escrever a história do futebol amador e de Nova Friburgo. Ex-jogadores que fizeram parte dos tempos áureos do futebol municipal, e seja com a vertente esportiva, cultural ou representativa, marcaram uma época de pujança, crescimento e desenvolvimento do município. Os tempos mudam, mas a importância desses capítulos são eternos e revividos sempre que valorizados. A noite da última sexta-feira, 26 de abril, foi mais uma daquelas para relembrar e reforçar toda a importância desse período.

Cerca de 100 pessoas, dentre homenageados, familiares, amigos, autoridades e fãs compareceram ao plenário da Câmara Municipal e prestigiaram a sessão solene de comemoração pelos 105 anos de fundação do extinto Friburgo Futebol Clube. A proposição do evento foi do vereador Nami Nassif (PHS), aprovadas por todos os demais paramentares.

A mesa oficial do evento foi composta, além do propositor da sessão, pelo prefeito Renato Bravo; os vereadores Nami Nassif (PHS), Jânio de Carvalho (PSDC), Zezinho do Caminhão (Psol) e Cascão do Povo (PDT); o presidente do Conselho Diretor do clube, Luiz Fernando Bachini e o secretário de Esportes de Nova Friburgo, Waldemir Veloso. “É com imenso prazer que comemoramos os 105 anos do Friburgo F.C. Agradeço ao vereador Nami Nassif por podermos reunir nesse evento, na Câmara, jogadores do passado que fizeram a história do extinto Friburgo, e a garotada que recentemente foi campeã municipal no Sub-17. É sempre bom recordarmos o passado, e seguirmos trabalhando para sermos fortes no futuro”, declarou Bachini.

Após a execução dos hinos Nacional e de Nova Friburgo os homenageados foram anunciados e alocados nos lugares geralmente ocupados pelos vereadores durante os trabalhos do Legislativo. O músico Alexsandro Lamego, além dos hinos, apresentou números musicais em seu saxofone emocionando os presentes.

“Agradeço ao Edinho (Edson Roberto Tavares, diretor de comunicação do Nova Friburgo) que nos ajudou a promover essa sessão solene. Para a Câmara é uma honra muito grande realizar esse evento”, resumiu o vereador Nami Nassif.

O prefeito de Nova Friburgo, Renato Bravo, salientou a importância da data e destacou a história vitoriosa do Friburgo F.C. “Enquanto os convidados eram chamados lembrei-me do meu pai. Como prefeito de Nova Friburgo me orgulho de participar desse evento às vésperas da cidade completar 201 anos. Temos um povo guerreiro, sofrido e trabalhador. Essa homenagem ficará marcada no coração de todos nós”, destacou Renato Bravo.

Os agraciados com moções de louvor foram Carlos Arnaldo Bravo Berbert (Juca), Odgir Rapizo, Emmanoel Calvão, Manoel Pinto de Faria, Miguel Ruiz Garbez, Leone Reis da Silva, Laurilho José da Silva, Gualter Moraes, Licínio José da Silva, Clóvis Freitas (Catita) e Cirineu.

Outros destaques

Em meio a tantos personagens históricos, o futuro do Nova Friburgo F.C., resultado da fusão entre o Friburgo e o Esperança, também marcaram presença na solenidade. Pedro Barcelos, Gabriel Santos, Douglas Silva, Alexandre Dias, João Pedro Silva, Matheus Perrut, Robson Storck, Breno de Jesus, Thiago Vasconcellos e Miguel Deyvid representaram o grupo de atletas que conquistou o Campeonato Municipal Sub-17.

O elenco foi acompanhado dos treinadores Thiago Martins e Jackson Klein e do diretor de futebol Hélcio Brandão. Também fizeram parte da campanha vitoriosa os atletas Vyctor Hugo, Eduardo Siqueira, Bernardo Bonin, Erasto Carvalho, Igor Marcelino, Wellerson Teixeira, Lucas Machado.

O presidente do Conselho Deliberativo, Carlos Arnaldo Bravo Berbert, ressaltou a importância da data e destacou as conquistas da equipe Sub-17. “Hoje é uma data muito importante para a nossa história. Recebemos jogadores campeões. Essa é a continuidade do nosso trabalho”, apontou.

Encerrando as comemorações pelos 105 anos do Friburgo, foi realizada na manhã do último domingo, 28 de abril, uma missa em ação de graças na Catedral São João Batista, no Centro. A cerimônia contou com a presença de diretores, colaboradores, fiéis e público em geral.

Um pouco da história

Depois do aparecimento da bola de futebol e das peladas no Colégio Anchieta, as famílias Sertã, Spinelli e Van Erven estreitaram as relações e passaram a organizar os jogos. No dia 26 de abril de 1914, uma reunião no Hotel Salusse fundou oficialmente o Friburgo Futebol Clube, alterando o nome Friburguense Futebol Clube, utilizado até então por aquele grupo de jogadores.

Durante os primeiros anos, os duelos foram realizados na Avenida Galdino do Valle e na Rua Oliveira Botelho. Em 4 de setembro de 1922, o Friburgo passou a utilizar o estádio Raul Sertã, um espaço de nove mil metros quadrados, na Rua José Eugênio Muller, no centro da cidade.

O esquadrão vermelho e branco tornou-se o time a ser batido. Em 1915, o Friburgo goleou o União pelo placar de 11 a 0 e os dirigentes, insatisfeitos, responderam à derrota com a criação do Esperança Futebol Clube. Em meados de 1918, o futebol amador passou por grave crise financeira e de interesses. As divergências dentro do Friburgo levaram alguns componentes a deixar o clube e fundar o Fluminense A.C., em 1921.

Dentre períodos mais vitoriosos e outros de domínio de times adversários, destaque para o hexacampeonato conquistado entre 1946 e 1954. Era o prenúncio de um feito histórico no ano de 1960: o Friburgo foi campeão em todas as categorias e passou a pensar no profissionalismo.

O time vermelho e branco disputou alguns jogos em torneios profissionais, mas não acompanhou o novo momento vivido pelo futebol na década de 1970. A decadência do futebol amador impulsionou mudanças e fez surgir a ideia de fusão com o Esperança, consolidada anos depois.

  • Miguel Ruiz, um dos grandes nomes da história do futebol municipal, esteve entre os homenageados

    Miguel Ruiz, um dos grandes nomes da história do futebol municipal, esteve entre os homenageados

  • Cerca de 100 pessoas compareceram ao plenário da Câmara e prestigiaram a solenidade

    Cerca de 100 pessoas compareceram ao plenário da Câmara e prestigiaram a solenidade

TAGS: Nova Friburgo Futebol Clube