Junho começa com bandeira tarifária vermelha no patamar mais alto

Prepare o bolso: cobrança extra na conta de energia elétrica será de R$ 5 a cada 100 kWh consumidos
quinta-feira, 31 de maio de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Junho começa com bandeira tarifária vermelha no patamar mais alto

Começou a vigorar este mês a bandeira tarifária no segundo patamar da cor vermelha. Com isso, as contas de energia elétrica terão cobrança extra de R$ 5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Em maio, a bandeira em vigor foi a amarela, com cobrança de R$ 1 a cada 100 kWh.

Em cidades com baixas temperaturas no inverno, como Nova Friburgo, a notícia vem em péssimo momento, já que muitos domicílios usam equipamentos elétricos com resistência, como chuveiros, que consomem muita energia.

No último dia 26 de maio, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que o patamar mais alto seria adotadoem junho  por causa da baixa no reservatórios das hidrelétricas do Sul do país devido ao fim do período de chuvas, o que impacta no custo de geração de energia. Além disso, a previsão de chuvas é baixa quando comparada à média histórica, informou a Aneel. Com menos água nos reservatórios, aumenta o uso de usinas termelétricas, que geram energia a um custo maior, por isso, a conta de luz de junho pode vir mais cara para quem ultrapassar o limite.

Este ano, a bandeira havia ficado verde de janeiro a abril, englobando o verão, quando geralmente chove mais, e não houve cobrança extra na conta de luz. Com a redução no volume de chuvas, porém, a bandeira mudou para amarela em maio, e agora chega ao patamar mais alto.

 

TAGS: