Jhennifer Alves quebra recorde sul-americano no Troféu Brasil

Atleta friburguense foi convocada para a Seleção Brasileira de Natação nos Jogos Pan Americanos de Lima
segunda-feira, 22 de abril de 2019
por Vinicius Gastin
Jhennifer se prepara para entrar na piscina: mais uma marca batida
Jhennifer se prepara para entrar na piscina: mais uma marca batida

O ano nem chegou à metade, mas já é possível dizer que 2019 está sendo especial para Jhennifer Alves. A nadadora de Nova Friburgo voltou a destacar em mais uma competição importante a nível nacional, o Troféu Brasil 2019, e desta vez quebrou recorde sul-americano na prova de sua especialidade, os 50 metros peito. Além da marca pessoal, a atleta do Pinheiros contribuiu com 50 pontos adicionais e contribuiu para o título da equipe paulista. O Pinheiros venceu com 223,5 pontos de vantagem sobre o Minas Tênis Clube. Foi o 18º campeonato do clube, maior vencedor da história da competição.

Jhennifer quebrou a sua própria marca de 30 segundos e 51 centésimos, alcançada no Open de 2017, baixando o tempo para 30 segundos e 50 centésimos. A marca coloca a friburguense como quarto melhor tempo do mundo este ano. Os próximos desafios de Jhenny serão o Torneio Marenostrum, em Mônaco, Canet e Barcelona, além do Open da França, Setti Colli, e o Sul-Americano.

Convocação

Convocada logo após o final do Troféu Brasil, a Seleção Brasileira de Natação para os Jogos Pan Americanos de Lima vai contar com um total de 35 nadadores, sendo 18 homens e 17 mulheres. Dentre elas está a friburguense Jhennifer Alves, que terá a companhia de Etiene Medeiros, Giovanna Diamante, Larissa Oliveira, Daynara de Paula, Viviane Jungblut, Fernanda de Goeij, Manuella Lyrio, Maria Luiza Pessanha, Aline Rodrigues, Gabrielle Roncatto, Bruna Leme, Ana Marcela Cunha, Lorrane Ferreira, Pamela Souza, Maria Eduarda Sumida e Camila Lins Melo.

Já o time masculino é formando por Marcelo Chierighini, Bruno Fratus, Caio Pumputis, Guilherme Costa, Fernando Scheffer, Vinicius Lanza, Miguel Leite, Brandonn Almeida, Guilherme Guido, Felipe Lima, João Luiz Gomes Jr., Diogo Villarinho, Breno Correia, Pedro Spajari, Gabriel Santos, Luiz Altamir Melo, João de Lucca e Leonardo Santos.

Ano vitorioso

Muitos desafios estão por vir, mas Jhennifer Alves já conta com uma temporada repleta de grandes resultados em 2019. A atleta friburguense foi medalha de ouro durante a disputa do TYR Pro Swim Series, em San Moines, Iowa, nos EUA, nos 50 metros peito, com o tempo de 30 segundos e 90 centésimos.

Jhenny esteve antes em solo norte-americano, logo no começo do ano, e treinou por um mês com o renomado técnico Sérgio Lopez, na Universidade da Virginia Tech. Durante sua passagem pela Virginia, a friburguense nadou em piscina de jardas alcançando as marcas de 1:00.48 para os 100 metros peito, e 27:30 para os 50 metros da mesma modalidade. Na conversão (não oficial), os tempos seriam aproximadamente 1:08.72 e 31.12.

Jhennifer também disputou o Regional deste ano, e registrou o melhor tempo na prova dos 50 metros peito feminino. A nadadora do Pinheiros cravou 31 segundos e 83 centésimos, abaixo do que havia feito para conquistar o ouro nos EUA. Além da especialidade, Jhenny também fez o melhor tempo nos 100 metros, com um minuto, nove segundos e 55 centésimos.

Em 2018, Jhenny ganhou o campeonato paulista nos 50 e 100 metros peito, com direito a recordes na competição. Venceu ainda o campeonato brasileiro de inverno, com recordes brasileiro e sul-americano nas duas provas, e foi recordista dos 50 metros peito durante o campeonato sul-americano de Tujillo, no Peru.

Foto da galeria
Equipe da friburguense, Pinheiros conquistou o título do Maria Lenk
TAGS: natacao | Jhennifer Alves