Jairo Wermelinger: “Serei um conselheiro no novo governo”

Empresário afirmou que pretende ajudar a administrar a cidade adotando modelo de grandes empresas
quarta-feira, 05 de outubro de 2016
por Márcio Madeira
(Foto: Henrique Pinheiro)
(Foto: Henrique Pinheiro)

Dando continuidade à série de entrevistas feitas logo após o resultado das mais recentes eleições municipais, A VOZ DA SERRA publica hoje as declarações do empresário Jairo Wermelinger, principal cabo eleitoral do novo prefeito eleito de Nova Friburgo, Renato Bravo.

Qual será seu papel no governo, levando em conta que sua participação foi fundamental para o resultado da eleição?
Jairo Wermelinger: Nós começamos a conversar há um ano e meio, Olney [Botelho], Marcelo [Braune], Renato Bravo, Comte Bittencourt e eu. E nós não falávamos só em ganhar a eleição. Eu tenho essa característica de ser um pouco curto e grosso, bem objetivo, e sempre dizia que vencer a eleição é uma etapa do processo, mas nossa maior preocupação tem que ser em como administrar Nova Friburgo. Não adianta coligar com 200 partidos, fazer uma porção de agrados, prometer mundos e fundos, e depois não honrar nada disso. Eu sou uma pessoa que tem vergonha na cara, eu tenho uma empresa há muitos anos. O CNPJ da minha empresa tem a minha idade, é de 1957. Lá eu tenho empregados há mais de 40 anos, então eu tenho que pensar em como ajudar a administrar Friburgo, com o prefeito eleito Renato Bravo, meu amigo.

O senhor pretende atuar na administração?
Indiretamente, sem dúvida nenhuma! Indiretamente, é um compromisso nosso, meu, do Olney, do Comte, de dar todo o apoio, de ajudarmos a buscar ideias e soluções, de ajudar a compor o secretariado. Essa é uma preocupação nossa, escolher um bom secretariado. Agora, diretamente, temos que ver o que é mais importante para Friburgo. Porque às vezes o fato de estar ao lado, ajudando indiretamente, pode ser mais importante do que estar oficialmente dentro do governo. Em essência o nosso compromisso é o de atuar como se faz na maioria das grandes empresas. Nós queremos estabelecer um conselho, e sem dúvida seremos esses conselheiros. Esse é um compromisso que nós assumimos com Renato Bravo.

TAGS: Eleições 2016