IBGE: população de Friburgo perto dos 200 mil

Município ganhou pouco mais de 5 mil habitantes nos últimos dois anos: agora são 190.631
sexta-feira, 30 de agosto de 2019
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Pedestres na Avenida Alberto Braune (Fotos: Henrique Pinheiro)
Pedestres na Avenida Alberto Braune (Fotos: Henrique Pinheiro)

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que divulgou esta semana estimativas sobre a população brasileira, Nova Friburgo tem hoje 190.631 habitantes. O crescimento populacional do município foi de pouco mais de cinco mil habitantes entre 2017 e 2019, o que dá um aumento em torno de 2,75%. Ainda segundo dados do instituto, de acordo com o último Censo, realizado em 2010, a cidade bicentenária tinha 182.082 habitantes, e agora tem mais 8.549 moradores, ou seja um aumento populacional de 4,48%. Nova Friburgo é uma das 15 cidades mais populosas do Estado do Rio de Janeiro. Habitantes entre 30 a 34 anos são maioria por aqui, sendo o número de mulheres maior que o de homens.

Em entrevista ao jornalista Marcio Madeira, em junho deste ano, Vinicios Abreu, chefe da agência do IBGE em Nova Friburgo, confirmou a realização do Censo 2020 e informou que as contratações de recenseadores para a realização da pesquisa já estão em andamento. “Já começamos a preparação, fazendo a atualização dos mapas. Tem um edital que já está para ser divulgado para que aconteçam as primeiras contratações, ainda no âmbito da unidade estadual. Os editais para contratações municipais devem começar a sair no começo do ano que vem, com vagas para supervisores e recenseadores”, disse.

No último censo, Nova Friburgo teve 150 pessoas contratadas. Para ano o ano que vem, esse número deve cair e Vinicios explicou o motivo. “Eu acredito que com a redução do questionário devemos trabalhar com um pouco menos desta vez, apesar do crescimento populacional que temos observado de 2010 para cá. Ainda assim, com certeza serão mais de 100 pessoas, entre recenseadores e supervisores, embora o número exato ainda não tenha sido fechado”.

De acordo com o chefe do instituto, há a possibilidade de que o número de questionários coletados via internet aumente. “Ainda não é algo confirmado, mas como essa possibilidade começou em 2010, a tendência é que ela continue disponível e seja ampliada em 2020.” Com relação aos recenseadores, o padrão será mantido, informou Vinicios. “A coleta continuará a ser feita através de smartphones, com a novidade de que todo domicílio vai ser georreferenciado. Até então isso acontecia somente nos setores rurais, mas agora teremos também nos setores urbanos”.

Mais dados do IBGE sobre Nova Friburgo

  • Área territorial: 935,429 km²
  • Densidade demográfica: 195,07 hab/km²
  • Escolarização 6 a 14 anos: 98,7 %
  • Índice de desenvolvimento humano municipal: 0,745
  • Mortalidade infantil: 11,30 óbitos por mil nascidos vivos

Brasil tem mais de 210 milhões de habitantes 

De acordo com o levantamento do IBGE, até o dia 1º de julho de 2019, o Brasil tem mais de 210 milhões de habitantes. O estudo aponta para uma taxa de crescimento da população de 0,79% ao ano, índice menor do que no intervalo entre os anos de 2017 e 2018. A cidade de São Paulo ainda registra o maior número de habitantes, com 12,25 milhões de pessoas. A segunda cidade com mais habitantes no país é o Rio de Janeiro, com 6,72 milhões de moradores. Em terceiro está Brasília, três milhões de habitantes. O município com menor população é a cidade mineira de Serra da Saudade, com apenas 837 habitantes.

Na análise por estados, São Paulo lidera a lista com 45,9 milhões de habitantes. Do outro lado da lista está Roraima, que é o menos populoso com mais de 605 mil habitantes.

O IBGE ainda destacou que pouco mais da metade de toda a população brasileira, algo em torno de mais de 120 milhões de habitantes, está concentrada em apenas 5,8% dos municípios. Já as 48 localidades que tem mais de 500 mil habitantes são responsáveis por um terço de toda a população.

 

TAGS: