A hora e vez das creches

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
A hora e vez das creches

A PREFEITURA vem mantendo ao longo dos anos, sem muito alarde, um calendário de inaugurações de creches, mantendo o compromisso de dar oportunidade para que crianças de quatro meses a 3 anos obtenham uma atenção dedicada que em muitos lares infelizmente não ganhariam. Porém, o governo não consegue, por diversas razões, suprir a necessidade das famílias com uma expansão desse inestimável serviço, e todos os anos a procura por tais serviços só vem aumentando.

TRATADA como um misto de promoção social e educação, as creches têm servido de indispensável apoio às mães carentes, sejam para sua inserção no mercado de trabalho, seja pelo simples fato de terem nestes estabelecimentos a garantia de que seus filhos não passam necessidades.

A DEFESA DO aumento de creches não é privilégio tão somente de Nova Friburgo, e sim de todo o país. Parlamentares admitem o déficit e propõem vias de saná-lo através de incentivos para que as empresas construam creches para os filhos dos funcionários, e obtenham recursos do Banco Mundial em parceria com a iniciativa privada para a construção de mais escolas, além de acabar com o turno de quatro horas.

O AUMENTO do número de creches deve ser avaliado à luz de fatores já consagrados, para que não haja o desvirtuamento de suas funções. Dentre elas, o aumento da participação da mulher no mercado de trabalho; a modificação na organização e estrutura familiar e os avanços sobre a educação infantil.

ALÉM DISSO e não menos importante, a Constituição inclui a educação infantil no sistema educacional legitimando-a como direito da criança e dever do estado. O Estatuto da Criança e do Adolescente, que completa 27 anos este ano, reformou a legislação sobre a educação de zero a 6 anos, impulsionando o crescimento das creches mantidas pelo poder público.

MANTER O crescimento das creches no município significa mais um desafio para o governo do prefeito Renato Bravo. Além de cumprir a Constituição, este deverá manter perfeita sintonia com a sociedade, principalmente com os mais carentes, que dependem daquele serviço de grande valia. O desafio pode ser grande, porém a recompensa será maior.

TAGS: