Esvaziado, debate entre vices na OAB vira entrevista coletiva

Somente o candidato Cláudio Damião, da coligação PSol, PPL, PCB e PCdoB, compareceu ao encontro na quarta-feira à tarde
quarta-feira, 28 de setembro de 2016
por Márcio Madeira
Cláudio Damião (e) foi o único candidato a vice-prefeito a comparecer no debate mediado pelos advogados Rafael Borges e Elizabeth Siqueira, da OAB Nova Friburgo (Foto: Márcio Madeira)
Cláudio Damião (e) foi o único candidato a vice-prefeito a comparecer no debate mediado pelos advogados Rafael Borges e Elizabeth Siqueira, da OAB Nova Friburgo (Foto: Márcio Madeira)

Num momento em que tanto o governo federal quanto a administração estadual são comandados por gestores que foram eleitos como vices em suas respectivas chapas, o debate entre os candidatos a vice-prefeito proposto pela 9ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) contou com a presença de apenas um postulante à cadeira número dois do Palácio Barão de Nova Friburgo, e assim, por falta de quórum, acabou sendo convertido numa entrevista coletiva.

A ausência da maior parte das coligações já havia sido anunciada de antemão, num esvaziamento que foi mal recebido pela instituição e pelos presentes (aproximadamente 70 pessoas). Todavia, a presença da candidata do PSTU, Vânia Monteiro, ainda era aguardada até poucas horas antes do início da atividade. 

A sigla, no entanto, optou coletivamente por não comparecer, graças ao entendimento de que a comissão da OAB responsável pela análise de direitos de resposta no debate realizado pela Rede da Democracia (TV Zoom, A VOZ DA SERRA e Rádio Nova Friburgo AM) na noite do último domingo, 25, teria agido de forma “parcial e injusta” diante de solicitação feita pelo candidato do partido.

Na prática, a ausência do PSTU significou a inviabilidade do debate, uma vez que apenas um candidato se apresentou à sabatina. Em consequência, as regras tiveram de ser alteradas, de tal modo que o candidato passou a ter cinco minutos para fazer sua apresentação inicial, antes de responder a seis perguntas formuladas por advogados da OAB, com quatro minutos para cada resposta. 

Nesta fase, os temas propostos foram: critérios para escolha do candidato a vice; educação e erradicação do analfabetismo; CPI da Saúde; relação do poder concedente com concessionárias; prevenção a desastres naturais e integração plena.

Por fim, os presentes tiveram a oportunidade de formular perguntas, por ordem de inscrição, antes que o encontro fosse encerrado com as considerações finais.

 

Foto da galeria
O evento contou com um bom público (Foto: Márcio Madeira)
TAGS: Eleições 2016