Empresa de telefonia começará a pagar a credores em Friburgo

Centro de atendimento foi montado na Avenida Alberto Braune. Negociação, até dia 18, é para antecipar pagamentos de até 90% de R$ 50 mil devidos
quinta-feira, 05 de outubro de 2017
por Dayane Emrich
Empresa de telefonia começará a pagar a credores em Friburgo

 

Os credores da recuperação judicial da empresa de telefonia Oi em Nova Friburgo tem até o próximo dia 18 para se inscrever no Programa de Acordo com Credores. A informação foi divulgada pela empresa, que acumula mais de R$ 65 bilhões em dívidas, na última segunda-feira, 2. O acordo extrajudicial é destinado aos credores que têm créditos de até R$ 50 mil para receber.

De acordo com a nota, os interessados podem comparecer ao Centro de Atendimento da empresa de telefonia, na Avenida Alberto Braune, 224, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Outra opção é acessar a plataforma eletrônica www.credor.oi.com.br para se cadastrar e apresentar a documentação necessária.

Segundo a Oi, o credor que aderir ao programa receberá os valores por meio de depósito em conta bancária. Caso não possua uma, poderá receber na conta de terceiros, desde que autorizado, ou, ainda, por meio de ordem de pagamento bancária em nome do credor. Em caso de processos com depósito judicial, os valores depositados serão liberados em adiantamento ao credor, mediante expedição de alvará no processo de origem.

O pagamento será efetuado em duas parcelas: a primeira, correspondente a 90% do valor devido e acontecerá em até dez dias úteis após a assinatura do termo de acordo. Os 10% do crédito remanescentes serão recebidos pelo credor em até dez dias úteis após a homologação do Plano de Recuperação Judicial, a ser votado em uma assembleia de credores.

Ao todo, a Oi possui cerca de 53 mil credores, dos 55 mil que fazem parte da recuperação judicial, com valores de até R$ 50 mil para receber. Há credores da empresa de telefonia também em Nova Friburgo. Desse total, mais de 26 mil já se cadastraram para participar do programa e mais de 12 mil acordos foram fechados. O volume de créditos envolvido nos acordos firmados até agora é de aproximadamente R$ 160 milhões.

Outras informações sobre o programa podem ser obtidas pelo telefone 0800-644-3111 ou através do site da Recuperação Judicial da Oi (www.recjud.com.br).

Entenda o caso

A empresa de telefonia Oi está entre as maiores prestadoras de serviços de telefonia fixa e móvel, banda larga e TV por assinatura do país e é uma das maiores provedoras de infraestrutura do setor de telecomunicações. Ela entrou em recuperação judicial no dia 20 de junho de 2016 e o caso já é considerado um dos mais complexos processos de recuperação judicial do Brasil.

No início de setembro, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) começou a analisar a abertura dos processos que poderiam levar à cassação da concessão da operadora. Mas, no último dia  28 de setembro, a agência decidiu adiar a reunião marcada para analisar a abertura de processo para cassar as concessões e autorizações da Oi.

A decisão da agência reguladora foi comunicada através de nota, após a justiça autorizar o adiamento da assembleia geral de credores, que avaliará o plano de recuperação da empresa. A justiça seguiu o pedido da Oi e transferiu para o próximo dia 23 a assembleia, anteriormente marcada para o dia 9.

 

TAGS: