Em 15 dias, Lei Seca nas estradas estaduais pune mais de 100 motoristas

Blitzes em rodovias serão intensificadas, segundo a coordenadora das operações
segunda-feira, 01 de abril de 2019
por Jornal A Voz da Serra
A operação Lei Seca na estrada (Divulgação)
A operação Lei Seca na estrada (Divulgação)

Iniciadas em 15 de março, logo após o carnaval, nas rodovias estaduais do Rio, as operações Lei Seca abordaram 1.936 motoristas, em operações diurnas e noturnas. Dessas abordagens, 118 condutores estavam sob efeito de álcool, o que representa quase 7% do  total. Nas 16 ações realizadas, os agentes aplicaram 458 multas, 111 carteiras de habilitações (CNH) foram recolhidas e 79 veículos rebocados.

Nova Friburgo é cortada por quatro estradas estaduais: RJs 116 (Friburgo-Rio), 130 (Teresópolis), 142 (Serramar), 150 (São José), 148 (Carmo).

Segundo a coordenadora da Lei Seca, Verônica de Oliveira, os índices demostram a necessidade em intensificar as ações nas estradas estaduais. "A fiscalização nas rodovias é uma atuação inédita deste governo, preocupado com os elevados registros de mortes e acidentes nas estradas. E os números comprovam: nestes últimos trinta dias foram abordados mais de 1900 motoristas e registrados quase 7% de casos de alcoolemia. São dados que mostram que estamos no caminho certo, retirando motoristas alcoolizados das rodovias, prevenindo acidentes e salvando vidas", disse

Desde o início de março, a Operação Lei Seca, em parceria com o Detran-RJ, está atuando nas rodovias estaduais através de um acordo firmado entre a Secretaria de Estado de Governo e Relações Institucionais e o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio de Janeiro (DER-RJ). O convênio faz parte do Plano de Diretrizes Prioritárias do Governo do Estado, documento que estabelece metas para os primeiros 100 e 180 dias de governo.

TAGS: Trânsito