EDITORIAL - Hora e vez das pequenas

terça-feira, 16 de dezembro de 2014
por Jornal A Voz da Serra
EDITORIAL - Hora e vez das pequenas
EDITORIAL - Hora e vez das pequenas

NÃO PASSOU sem uma importante homenagem o o aniversário de 97 anos da Associação Comercial de Nova Friburgo. Instituição que congrega inúmeras pequenas e micro empresas do município, a Acianf vem se tornando ao longo dos anos o mais representativo órgão do empresariado friburguense. E suas ações favorecem toda a comunidade. 

INFORMAÇÕES do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) mostram que tais empresas representam 99% das pessoas jurídicas instaladas no país e respondem por mais da metade dos empregos formais da economia nacional. As MPE sustentam a grande massa trabalhadora e representam uma fatia considerável na economia nacional. 

DADOS do Ministério do Trabalho também reforçam o expressivo percentual. As MPE mostraram resistência durante a recente crise econômica mundial e seguraram o emprego no país. E continuou assim. Em agosto, por exemplo, dos 242.126 empregos criados, 56,3% foram para as micros, aquelas com até 19 trabalhadores.

O MERCADO interno brasileiro responde à crise consumindo produtos principalmente das MPE, mantendo assim aquecida a economia e expandindo-a em muitos casos. Nova Friburgo se encaixa neste contexto, pois sua economia está calçada nas micro e pequenas empresas e os resultados até agora têm sido bem satisfatórios. A crise não bateu à porta do município.

ALÉM DA falta de dinheiro mundial, os efeitos das altas taxas de juros continuam prejudicando a sociedade produtiva organizada e afastando ainda mais a economia informal de sua ampla reestruturação. A queda na produção industrial este ano, conforme verificado na comparação com anos anteriores, é indicativo de que a crise econômica, embora superada, não está plenamente debelada.

PORÉM, é louvável o esforço das MPE para continuar a garantir o sucesso econômico do Brasil. Responsáveis por grande parcela da população ativa, as empresas nacionais mostram que o esforço vale a pena, superando assim a descrença de muitos quanto ao desempenho brasileiro. É a grande resposta das pequenas empresas ao desafio mundial.

TAGS: