Drones doados pelo MP do Trabalho são os primeiros dos bombeiros

Ações também garantiram outros equipamentos, como sopradores, para o grupamento de Friburgo combater incêndios florestais
sexta-feira, 12 de abril de 2019
por Paula Valviesse (paula@avozdaserra.com.br)
Os drones entregues aos bombeiros (Foto: Henrique Pinheiro)
Os drones entregues aos bombeiros (Foto: Henrique Pinheiro)

O 6º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) de Nova Friburgo recebeu nesta sexta-feira, 12, a doação de dois drones e seis sopradores do Ministério Público do Trabalho (MPT), por meio da Procuradoria do Trabalho. Os equipamentos, que auxiliarão no combate a incêndios em vegetação, resgates e no monitoramento de áreas de risco, foram adquiridos através das ações do MPT, decorrentes de danos na relação de trabalho e descumprimento de acordos, que resultaram em termos de ajustamento de conduta.

“Nós temos editais, dos quais algumas entidades podem participar e apresentar suas demandas e, na realização de acordos relativos aos processos conduzidos pela procuradoria, conseguimos beneficiar esses editais e com essas ações, como é o propósito dos termos, beneficiar a sociedade. No caso do Corpo de Bombeiros, essa é a primeira entrega de equipamentos, outras duas serão feitas conforme andamento do processo”, informou o procurador do trabalho, Jefferson Rodrigues, que esteve no quarte da corporação militar, no bairro Vila Nova, para entregar os equipamentos.

Sopradores vão auxiliar combate a incêndios florestais

Os sopradores são equipamentos de custo elevado, utilizados no combate aos incêndios em vegetação e subterrâneos, com jatos conjuntos de água e ar. Esses equipamentos já são utilizados pelo grupamento, mas a aquisição de novos modelos irão auxiliar ainda mais no serviço prestado.

Já os drones recebidos pela corporação possuem bateria interna com autonomia de voo de 27 minutos, com controle remoto por radiofrequência e permitem, além da transmissão de imagens em tempo real, também a gravação dessas imagens para análises futuras. Mas, apesar de terem sido entregues nesta sexta-feira, 12, os equipamentos ainda não serão colocados em uso, uma vez que existe a necessidade de registro junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e o treinamento de militares do 6º GBM para pilotar as aeronaves.

Primeiras aeronaves não tripuladas de Friburgo

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros em Nova Friburgo, tenente-coronel Alexandre Pitaluga, os equipamentos doados são as primeiras aeronaves não tripuladas que serão utilizadas pela corporação no município. Os bombeiros que irão manuseá-las serão treinados no Grupamento de Operações Aéreas (GOA) do Corpo de Bombeiros, no Rio, em maio.

“Recebemos dois equipamentos de grande importância para a comunidade. Com esses drones teremos acesso aos locais que deram início aos incêndios florestais, as pessoas perdidas em matas ou em risco devido às chuvas. E também, ao invés de expor os bombeiros a situações de risco, será possível antes avaliar a real situação por meio das imagens, saber a localização exata, fazer a marcação e estudar as melhores formas de acesso. E com o soprador, economizamos água na extinção do incêndio, porque eles interferem diretamente no mecanismo do fogo. Assim resguardamos também o material humano no combate às chamas”, diz Pitaluga.

Ainda não há previsão de data para entrega dos outros equipamentos adquiridos pelo MPT, mas segundo o comandante do 6ºGBM, o próximo termo deverá contemplar macas usadas em resgate aéreo e aparelhos de GPS, que também são fundamentais para o trabalho realizado pela corporação.

 

TAGS: