Disque-Denúncia oferece R$ 1 mil por trio envolvido em espancamento

Homem foi agredido e obrigado a se jogar do quarto andar de prédio, após ser acusado de molestar rapaz no Terra Nova
sexta-feira, 27 de julho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
O condomínio Terra Nova, onde ocorreu o crime (Arquivo AVS)
O condomínio Terra Nova, onde ocorreu o crime (Arquivo AVS)

O Disque-Denúncia está oferecendo R$ 1 mil por informações que levem a três jovens, entre eles uma garota, que estão sendo procurados pela 151ª DP por envolvimento no assassinato de Renato Nascimento da Conceição, de 43 anos. O homem foi espancado e obrigado e se jogar do quarto andar de um dos prédios do conjunto habitacional Terra Nova, no distrito de Conselheiro Paulino, no mês passado.

Na última quinta-feira, 26, outros dois rapazes, de 18 e 21 anos, foram presos por policiais civis da Delegacia Legal de Nova Friburgo por participação no homicídio. A dupla e os outros três foragidos tiveram a prisão temporária decretada pela 1ª Vara Criminal do município nesta semana. O crime aconteceu no dia 30 de junho.

Segundo as investigações, Renato foi agredido, acusado de abusar sexualmente de um rapaz, de 22 anos, durante uma festa na madrugada do mesmo dia. Com o vazamento da informação, a prima do jovem molestado, junto com seu namorado, teriam contado a versão do estupro a traficantes da região ligados a facção criminosa Comando Vermelho. De lá, partiram com os bandidos em direção ao condomínio onde Renato morava e cometeram o crime.  

De acordo com a polícia, Renato foi agredido com pauladas e facadas. Além das agressões, ele foi obrigado se jogar da janela do apartamento onde vivia, no quarto andar de um dos prédios do condomínio construído para as vítimas da tragédia das chuvas de 2011. Ele foi socorrido, levado para o Hospital Municipal Raul Sertã, mas não resistiu aos ferimentos e morreu dois dias depois na unidade de saúde.

No último dia 12, o rapaz, vítima do suposto estupro, foi preso no bairro Olaria. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça sob a acusação de ser um dos mandantes da execução. Em depoimento na 151ªDP, ele contou que estava em uma festa em um dos apartamentos do Terra Nova e, quando foi dormir, Renato passou as mãos em várias partes do seu corpo.

Ainda segundo a Polícia Civil, o rapaz disse que não houve ato sexual, mas, segundo a legislação, mesmo quando não ocorre conjunção carnal esse tipo de caso configura estupro. O jovem passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal de Nova Friburgo. Todos os cinco envolvidos no caso vão responder por homicídio qualificado.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos envolvidos ainda em liberdade, podem registrar denúncia via Whatsapp ou Telegram do Disque Denúncia (21) 9 8849-6099 ou pela Central de Atendimento do órgão (21) 2253-1177, e ainda através do Facebook, por mensagem inbox no endereço www.facebook.com/procurados.org ou ainda pelo app Disque Denúncia. A 151ª DP também recebe denúncias pelo telefone (22) 2533-1967.

TAGS: crime