CPI da Saúde já tem lista de convocados para prestar depoimentos

Comissão investiga contratos entre a prefeitura e a empresa responsável pelo fornecimento de alimentação no Hospital Raul Sertã
quinta-feira, 22 de novembro de 2018
por Paula Valviesse (paula@avozdaserra.com.br)
CPI da Saúde já tem lista de convocados para prestar depoimentos

 

Na última reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instaurada pela Câmara de Vereadores de Nova Friburgo para investigar os contratos emergenciais para o fornecimento de alimentação para os funcionários, pacientes e acompanhantes do Hospital Municipal Raul Sertã, firmados entre a Prefeitura de Nova Friburgo e a empresa Global Trade Indústria de Alimentação, foram definidos os primeiros nomes das pessoas que deverão ser convidadas a prestar depoimentos na CPI. Entre os citados, estão três ex-secretários de Saúde do município.

Os membros da CPI ainda aguardam a entrega dos documentos solicitados à prefeitura e à empresa Global para analisar a necessidade de incluir novas indicações na lista de depoimentos. Não há data estabelecida para o comparecimento das testemunhas perante à comissão, contudo já estão previstos os depoimentos dos ex-secretários e subsecretários de saúde: Michelle Silvares; Suzane Menezes; e Christiano Huguenin.

A atual secretária de Saúde, Tânia Trilha, que atuou como subsecretária da pasta na gestão de Christiano Huguenin, também foi indicada. Assim como os ex-diretores (gerais e administrativos) do Hospital Raul Sertã e todos os nutricionistas que atuaram na unidade desde 2017, quando foi firmado o primeiro contrato emergencial que está sob investigação.

Da empresa Global, estão relacionados o proprietário, o empresário Ricardo Silveira Mora e de uma ex-sócia, que atuava na empresa quando a Global venceu a licitação, em 2017. Existe ainda a possibilidade de serem convocados a depor alguns funcionários da empresa, considerados “pessoas chaves” na elaboração das propostas e envio de documentos.

Segundo o presidente da comissão, o vereador Johnny Maycon (PRB), também já foram acordadas a realização de cinco diligências, que poderão ser feitas na empresa, no hospital e na Secretaria Municipal de Saúde pelos membros da CPI: “Não temos data, mas já estabelecemos cinco visitas. Marcaremos a data e o horário com todos os membros da CPI e saímos juntos da Câmara para o local escolhido. O endereço a ser visitado só será definido e comunicado aos demais membros quando estivermos preparados para a realização da vistoria”, explica o parlamentar, que não descarta a possibilidade de a comissão inspecionar a cozinha do Hospital Raul Sertã.

Documentos solicitados incluem registros sobre alimentação servida no hospital

Anteriormente, a CPI enviou ao prefeito Renato Bravo, que na CPI da Saúde está representado por dois advogados indicados pelo Poder Executivo, e a empresa Global uma lista de documentos que devem ser entregues ainda este mês. A partir da análise dessa documentação, os parlamentares esperam reunir todas as informações necessárias sobre os contratos administrativos firmados pela Secretaria de Saúde para o fornecimento de alimentação no Hospital Raul Sertã.

Entre os pedidos estão: todos os documentos referentes aos processos administrativos que estão sob investigação (24385/2017; 7226/2017; 15209/2018; 641/2016; 1512/2018); os termos de ajustes de contas; e livros de controle da empresa com dados referentes a todas as alimentações servidas entre 2017 e 2018. Ainda são solicitados os documentos da obra realizada na cozinha da unidade de saúde em 2017.

 

TAGS: Governo | saúde