Blogs e sites de notícias na mira do TSE e de partidos

Legendas assinam termo se unindo contra reprodução de fake news. Para Fux, imprensa é fonte primária de informação
quarta-feira, 06 de junho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
O ministro Luiz Fux, presidente do TSE (Reprodução: TSE)
O ministro Luiz Fux, presidente do TSE (Reprodução: TSE)

Blogs e sites de notícias que reproduzem pela internet notícias falsas ou ultrapassadas, sem o compromisso com a verdade e a isenção que o dever jornalístico pressupõe, devem redobrar a atenção. Preocupado com a disseminação de fake news durante nas eleições deste ano, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, e representantes de dez partidos políticos assinaram nesta terça-feira, 5, um termo de compromisso no qual se comprometem a "manter o ambiente de higidez informacional, de sorte a reprovar qualquer prática ou expediente referente à utilização de conteúdo falso no próximo pleito".

Assinaram o termo DEM, PCdoB, PSDB, PDT, PRB, PSC, PSD, PSL, PSOL e Rede.

No dia 28 de maio, após uma palestra, Fux disse que até o final de junho a Justiça Eleitoral vai emitir novas resoluções para ajudar no combate às fake news nas  eleições de 2018. "Temos um conselho composto por órgãos de inteligência, temos o apoio da Polícia Federal, do Ministério Público e, acima de tudo, temos a imprensa, que é a fonte primária das nossas indagações sobre se uma notícia procede ou não", frisou.

Após a assinatura do termo, Fux afirmou que, além do apoio da imprensa, é importante contar com a colaboração de partidos no combate às notícias falsas para a manutenção da ética e da legitimidade no ambiente eleitoral. "Nós entendemos que, além de todas as providências até então adotadas, nós deveríamos também ter como colaboradores não só a imprensa, mas também os partidos políticos”.

 

TAGS: eleições