Atendimento para regularização de imóveis continua em Nova Friburgo

De acordo com a prefeitura, 60% dos imóveis do município estão em situação irregular
sexta-feira, 31 de março de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Atendimento é feito no prédio da Prefeitura, anexo à Sala do Empreendedor, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h (Foto: João Luccas Oliveira)
Atendimento é feito no prédio da Prefeitura, anexo à Sala do Empreendedor, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h (Foto: João Luccas Oliveira)

Desde o último dia 13, a prefeitura municipal de Nova Friburgo, através da criação de uma Comissão de Regularização, deu início ao atendimento de cidadãos com imóveis e terrenos em situação irregular. A ação tem como intuito pôr em dia a documentação de diversas propriedades na cidade.

De acordo com o governo municipal, dos cerca de 40 mil imóveis existentes no município, estima-se que 60% estejam em situação irregular. O vice-prefeito Marcelo Braune, presidente da comissão, destacou que, desde que começou a funcionar, há cerca de 15 dias, a Comissão realizou mais de 160 atendimentos. “Esta é uma comissão permanente. A gente quer que isso fique para outros mandatos, a fim de reduzir a informalidade na área imobiliária. As pessoas vão poder ligar a luz e a água corretamente, formalmente, sem precisar se valer de uma informalidade para ter acesso a esses serviços essenciais”, afirma.

Marcelo destaca ainda que para a municipalidade, é mais uma arrecadação, mesmo que seja pequena. “A população mais carente não precisa se preocupar, porque será uma cobrança simbólica. E, mesmo que seja pouquinho para a municipalidade serão mais pessoas contribuindo para o bem de todos”, afirmou ele.

Entre alguns dos friburguenses beneficiados com a ação da comissão estão os moradores do distrito de Lumiar, onde existem quatro loteamentos em área de expansão urbana na zona rural, com 254 unidades habitacionais prontas, e que já deram início ao processo de formalização e regularização dos imóveis. No loteamento Lagoa Seca, no distrito de Conselheiro Paulino, o mesmo acontece e cerca de 30 residentes da localidade já deram entrada no requerimento de regularização fundiária e, em breve, estarão em dia com a municipalidade.

A Comissão de Regularização Fundiária funciona no prédio da Prefeitura, anexo à Sala do Empreendedor. As pessoas interessadas em regularizar seus imóveis podem se dirigir ao local de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h. Além do vice-prefeito Marcelo Braune, a Comissão de Regularização Fundiária é coordenada por Francisco Tavares e o atendimento ao público em geral feito por Alessandro Martins, Rossana Silva e Rita Herdy.

TAGS: