Alerj lança concurso para escolha de bandeira do Parlamento Juvenil

Disputa para alunos da rede estadual vai premiar os três primeiros colocados e escolas envolvidas
terça-feira, 22 de agosto de 2017
por Jornal A Voz da Serra
O deputado Wanderson Nogueira entres jovens do PJ (Foto: Divulgação)
O deputado Wanderson Nogueira entres jovens do PJ (Foto: Divulgação)

O Parlamento Juvenil (PJ) da Alerj vai escolher seu símbolo. Na última semana foi divulgado o concurso da bandeira do PJ. Direcionada a todos os alunos da rede estadual de ensino do estado do Rio, a iniciativa já está com inscrições abertas. O prazo para entrega do material vai até o dia 4 de setembro.

Para se inscrever, o estudante deve acessar o site do Parlamento Juvenil (www.parlamento-juvenil.rj.gov.br) e realizar um pequeno cadastro. Logo depois, o aluno receberá um e-mail validando sua participação com um número de inscrição para preencher junto ao formulário - disponível no mesmo portal. A partir daí, é só elaborar o desenho e entregá-lo junto com a ficha de inscrição, na unidade escolar que frequenta.

"O PJ ainda não tem uma bandeira. Nós poderíamos contratar algum desenhista profissional, mas queremos dar legitimidade ao processo de escolha e privilegiar o talento da juventude fluminense, que tem um potencial enorme. Acreditamos que os estudantes vão fazer um excelente trabalho", destacou o coordenador do projeto, deputado estadual Wanderson Nogueira.

Além de premiar os primeiros três colocados, a ação também irá presentear as escolas envolvidas na disputa. O estudante que conquistar o primeiro lugar será presenteado com um notebook, um smartphone e um tablet, e sua escola ganhará um laboratório multimídia completo, com computadores, projetores, sistema de som, televisão e lousa digital.

O segundo colocado receberá um smartphone e um tablet. Já para o terceiro lugar, o prêmio será um smartphone. Mais informações e o edital do concurso estão disponíveis no site do Parlamento Juvenil.

O PJ é um projeto criado pela Alerj com a parceria da Secretaria estadual de Educação (Seeduc) e da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude.  A iniciativa visa aproximar os participantes do parlamento fluminense, ampliar a consciência política e formar novas lideranças. Ao todo, 97 estudantes de todo o estado participam do parlamento.

 

TAGS: Educação | escola