Vice em torneio é a nova conquista do União Basketball

A escalada rumo à recuperação do basquete em Nova Friburgo teve novo capítulo neste final de ano
terça-feira, 27 de dezembro de 2016
por Vinicius Gastin
O União Basketball: em pé (esquerda p/ direita): Saulo Pinheiro, Gil Santos, Tayan Emmerick, Fabio Freitas, Joubert Ennes e Taylan Neves; agachados (esquerda p/ direita): Conrado Oliva, Bruno Noronha, Gustavo Schuenck, Iago Emmerick e Wesley Schynneps
O União Basketball: em pé (esquerda p/ direita): Saulo Pinheiro, Gil Santos, Tayan Emmerick, Fabio Freitas, Joubert Ennes e Taylan Neves; agachados (esquerda p/ direita): Conrado Oliva, Bruno Noronha, Gustavo Schuenck, Iago Emmerick e Wesley Schynneps

A escalada rumo à recuperação do basquete em Nova Friburgo teve novo capítulo neste final de ano. O União Basketball alcançou a segunda colocação no Torneio Centro Cívico Leopoldinense, realizado no Rio de Janeiro. A competição foi disputada no formato de dois grupos com quatro equipes, onde o primeiro de cada grupo avançou para a grande final. O friburguense União Basketball alcançou a classificação invicta, avançando para a semifinal contra o campeão da Liga A de 2015, a equipe do Zona Norte.

A partida que garantiu ao União o direito de brigar pela taça foi bastante disputada. No entanto, o time de Nova Friburgo mostrou superioridade e levou a melhor com uma diferença de apenas seis pontos (33x27). Na grande decisão, diante do Bad Angels, o União Basketball chegou a abrir uma boa vantagem de dez pontos nos minutos iniciais, mas o adversário encostou no placar ao final do primeiro tempo, diminuindo a diferença pra quatro pontos.

No segundo tempo, não faltaram emoção e polêmicas envolvendo a arbitragem. A equipe friburguense alega que os árbitros cometeram diversos erros graves, influenciando diretamente na virada e a consequente vitória do Bad Angels por 34x29. A equipe do União Basketball conta com aos apoios da SAF, Microlins e Ventura Brokers. O próximo compromisso do União Basketball é o campeonato da Liga Super Basketball (Liga LSB), no início de março do próximo ano. 

União pela retomada

O projeto de recuperação do basquete de Nova Friburgo é amplo, e tem o seu principal eixo formado exatamente pelos mesmos que compuseram grandes times no final da década de 1990 e início dos anos 2000. O resgate acontece após alguns anos longe das competições, com a ideia que resultou na criação do União Basketball, em agosto desse ano. 

O principal objetivo é promover o esporte na cidade e disputar a Liga Super Basketball em 2017, competição que reúne diversas equipes de todo o estado do Rio de Janeiro. Esse é considerado um passo fundamental para reestruturar a modalidade em Nova Friburgo, e atrair adeptos para impulsionar novamente o seu crescimento no município e na região. 

Para tanto, a preparação segue a todo o vapor. Antes do vice-campeonato no Rio de Janeiro, a equipe disputou alguns amistosos já visando a competição do ano que vem. Um deles, inclusive, aconteceu em Nova Friburgo, quando o União Basketball recebeu o Vila Kings, do Rio de Janeiro, e venceu por 71x49. A partida foi disputada no ginásio Paulo César Marra de Moraes, no Nova Friburgo Country Clube.

O União Basketball, de Nova Friburgo, atualmente conta com 12 jogadores: Tayan e Iago Emerick, Bernardo Thurler, Bruno Noronha, Joubert Júnior, Fábio Freitas, Conrado Oliva, Taylan Neves, Gil Santos, Wesley Schynneps, Juliano Muros e Gustavo Schuenck.

TAGS: basquete