Últimas horas para estudantes selecionados no Sisu fazerem matrícula

Também nesta segunda, à meia-noite, termina prazo para candidatos manifestarem interesse pela lista de espera
segunda-feira, 17 de junho de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Últimas horas para estudantes selecionados no Sisu fazerem matrícula

Os estudantes selecionados na chamada regular do segundo semestre do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) têm até as 23h59 desta segunda-feira, 17, para fazer a matrícula na instituição de ensino superior. Também hoje se encerra o período para o candidato manifestar interesse em se inscrever na lista de espera.

Cabe aos candidatos verificar os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em edital próprio para não perder a oportunidade. O resultado da chamada única do Sisu foi divulgado na última segunda-feira, 10, e está disponível no site do programa, que é o http://sisu.mec.gov.br/.

Para o segundo semestre de 2019, o Sisu registrou 1.213.679 inscrições, número 24,3% superior ao de 2018 (976.765). O pré-requisito para concorrer ao Sisu é ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018 e obtido nota acima de zero na redação. O resultado está disponível no site do Sisu. Para conferir, é necessário informar o número de inscrição e a senha do Enem 2018.

Lista de espera

Os candidatos que não foram selecionados na chamada regular do Sisu em nenhuma das duas opções de curso cadastradas podem manifestar interesse na lista de espera. Nesta etapa, ele vai fazer a opção por uma das duas opções anteriormente indicadas.

O candidato deve acessar o sistema durante o período especificado no cronograma e, em seu boletim, clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do Sisu. O postulante deve se certificar de que sua manifestação foi realizada. Ao finalizar, o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

A convocação dos candidatos da lista de espera para a matrícula cabe às próprias instituições de ensino. Ela será realizada após 19 de junho.

 

TAGS: Educação