Teatro Municipal Laercio Ventura passará por processo de revalidação dos Bombeiros

Certificado de Registro emitido pela corporação pode ser cancelado caso haja inobservância das normas de segurança contra incêndio e pânico
quinta-feira, 09 de janeiro de 2020
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
O Teatro Municipal Laercio Ventura (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
O Teatro Municipal Laercio Ventura (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

Conforme publicado no Diário Oficial eletrônico no último dia 4, foi contratada uma empresa para a adequação do Teatro Municipal Laercio Rangel Ventura às novas exigências de prevenção e pânico de acordo com a legislação vigente. A empresa contratada para realizar o serviço é a Redantec Braga Extintores Projetos e Instalações Ltda. O custo para o município será de R$ 28.184,94.


A informação chamou a atenção devido aos inúmeros problemas enfrentados pelo Teatro Municipal que impediram durante algum tempo a plena utilização do espaço. No entanto, a Prefeitura de Nova Friburgo informou em nota enviada à redação de A VOZ DA SERRA, que “o Teatro Municipal Laercio Rangel Ventura tem a certificação e todos os equipamentos de segurança”.


Ainda de acordo com a nota, “o que está sendo contratado é a revalidação da certificação do teatro que tem a validade de um ano”. E que o processo estará concluído “após cumpridas as formalidades processuais e os prazos legais”. Vale destacar que o Certificado de Registro emitido pelo Corpo de Bombeiros - que tem validade de um ano - pode ser cancelado caso haja inobservância das normas de segurança contra incêndio e pânico, bem como da legislação que trata da perturbação do trabalho e sossego alheios, ficando o infrator sujeito às penalidades previstas em lei. O comandante da corporação militar, tenente-coronel Thiago Alecrim, confirmou ontem, 8, que o Certificado de Registro e Garantia está na validade e tal documento atesta a funcionalidade dos equipamentos de segurança contra incêndio e pânico do teatro. 

 
O Municipal tem recebido grandes eventos, shows e peças de teatro, como o show da cantora Gal Costa e uma peça com Antônio Fagundes, em 2015. Além do Festival Sesc de Inverno, o Festival de Inverno de Nova Friburgo e o FriCine (Festival de Cinema Socioambiental de Nova Friburgo). No final de 2019, o espaço também foi palco do show do cantor Ivan Lins.


Histórico do Teatro Laercio Ventura 


Inaugurado em 27 de setembro de 2008, o Teatro Municipal Laercio Rangel Ventura, que leva o nome do saudoso patrono de A VOZ DA SERRA (foto), está liberado para pleno funcionamento pelo Corpo de Bombeiros desde dezembro de 2015, após alguns anos de problemas burocráticos que impediram a realização de atividades no espaço. 


Referência cultural da região, o teatro esteve por quase um ano funcionando com capacidade limitada a 400 adultos ou 300 crianças, abrigando apenas algumas palestras e solenidades de porte médio. A interdição motivou críticas de figuras do meio artístico, cultural e educacional do município. O teatro já havia sido liberado parcialmente em julho de 2015 para receber as atrações do Festival Sesc de Inverno. O certificado de aprovação foi expedido após vistoria das normas regulamentadoras de adequação do espaço como a instalação de barras antipânico nas portas de vidro da entrada principal.


Outras exigências feitas pelo Corpo de Bombeiros foram a inversão no sentido de saída da porta principal; ignifugação (aumento da resistência ao fogo) dos locais necessários – tecidos; fixação de sinalização de emergência para segurança contra incêndio e pânico; aquisição de hidrante; manutenção do sistema preventivo fixo – mangueiras e extintores; fornecimento, dimensionamento e recarga de extintores além da fixação de barras antipânico nas saídas de emergência.
Também foram trocadas a porta de acesso ao gerador para tipo corta-fogo; inserção de corrimão na rampa principal; troca do portão metálico na saída lateral e colocação das ferragens antipânico; emissão e Anotação de Responsabilidade Técnica (ART); elaboração de filme curta-metragem com orientações aos frequentadores e confecção do manual de segurança e plano de escape.


Referência cultural 

Com capacidade para 564 espectadores -  482 no térreo e 82 no jirau - estacionamento e galeria de arte, o Teatro Municipal é um dos principais polos culturais do Centro-Norte fluminense. Em 6 de abril de 2013, conforme a lei 4.234, o espaço passou a se chamar Teatro Municipal Laercio Rangel Ventura, ex-diretor do jornal falecido em 3 de fevereiro do mesmo ano. A homenagem foi proposta pelo vereador Joelson do Pote e aprovada por 19 votos favoráveis em sessão na Câmara Municipal, em 14 de março de 2013.

 

TAGS: Teatro