Suspenso leilão de carro de Rogério Cabral para quitar multa

Juiz também desbloqueia aplicações financeiras de ex-prefeito denunciado pelo MPF no caso dos eucaliptos
sexta-feira, 20 de abril de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Rogério Cabral: veículo a salvo de ir a leilão (Arquivo AVS)
Rogério Cabral: veículo a salvo de ir a leilão (Arquivo AVS)

O juiz da 1ª Vara Federal de Nova Friburgo, Sandro Valério do Nascimento, acolheu o recurso do ex-prefeito Rogério Cabral e suspendeu nesta sexta-feira, 20, o leilão do veículo Toyota Hilux SW SRV A4FD que havia sido bloqueado, a pedido do Ministério Público Federal (MPF), para quitar multa de R$ 94 mil.

O magistrado também desbloqueou aplicações financeiras de Rogério.

A multa diz respeito ao descumprimento de uma das cláusulas do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) da Praça Getúlio Vargas, que previa a conservação das toras de eucaliptos cortados em janeiro de 2015. No acordo, Rogério havia se comprometido a armazenar a madeira de forma adequada e doá-la ou reaproveitá-la no prazo previsto. Parte das toras, porém, ficaram abandonadas por mais de um ano no horto municipal.

Avaliado em mais de R$ 207 mil, o carro já havia ido a leilão no dia 6, mas não foi arrematado. Outro pregão ocorreria nesta sexta-feira, 20, mas foi suspenso após decisão da Justiça Federal. A VOZ DA SERRA procurou o MPF para que comentasse o assunto, mas não obteve resposta até a atualização desta notícia.

 

TAGS: Meio Ambiente