Subea resgata duas cadelas presas em carro

Dona dos animais teria desacatado agentes da prefeitura e policiais e vai responder por maus tratos
quinta-feira, 05 de abril de 2018
por Jornal A Voz da Serra
A subsecretária Monique Malhard esteve no local com uma equipe para averiguar a situação dos animais (Foto: Leo Arturius)
A subsecretária Monique Malhard esteve no local com uma equipe para averiguar a situação dos animais (Foto: Leo Arturius)

No início da tarde de quarta-feira, 4, uma mulher que passava pelo estacionamento do Friburgo Shopping, percebeu que duas cadelas vira-latas estavam presas e quase sem ar, dentro de um carro. Ela, então, entrou em contato com a Subsecretaria do Bem Estar Animal (Subea), para fazer a denúncia. A subsecretária, Monique Malhard, foi até o local com uma equipe para averiguação e constatou que os animais, um deles filhote, precisavam de cuidados urgentes pois uma das cadelas (adulta) estava bem ofegante.

Quando Monique chegou, os animais já haviam sido retirados do veículo por frequentadores do shopping, já o porta malas estava aberto. Os animais foram acalmados e receberam os cuidados da equipe. Os servidores da Subea também solicitaram o apoio policial para seguir com o procedimento de resgate das cadelas. Um tempo depois a dona das cadelas apareceu e, de acordo com informações da prefeitura, agiu com agressividade e teria ainda desacatado a equipe da Subea e os populares. A mulher ainda teria se recusado a ouvir as orientações da subsecretaria, Monique Malhard, além de desacatar também os policiais que chegaram ao local.

Ainda segundo a prefeitura, foi necessário o apoio de mais uma viatura para acompanhar o veículo até a 151ª DP, onde foi feito o registro do caso. Apesar das cadelas estarem bem aparentemente e dentro da mala do carro haver dois sacos de ração, a dona das cadelas vai responder por maus tratos, desacato a funcionário público e por ameaça.

Segundo um advogado, a dona dos animais, pode pegar de três meses a um ano de detenção e multa, por maus tratos, de seis meses a dois anos ou multa, por desacato e de um a seis meses ou multa por ameaça. Ou seja, caso condenada, além de pagar uma multa, a dona das cadelas pode pegar de um mês a quatro anos de detenção.

Para denunciar maus tratos, entrar em contato com a Subsecretaria do Bem Estar Animal pelo telefone 2522-1356, ou diretamente na Rodoviária Sul, fundos, térreo, na Ponte da Saudade. Para determinadas denúncias é necessária a comprovação por fotos ou vídeos. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 11h às 17h.

TAGS: Subea