Sem horário de verão, friburguenses vêem o dia clarear às 5h

Tendência é amanhecer cada vez mais cedo a partir de agora
terça-feira, 12 de novembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Amanhecer em Nova Friburgo (Arquivo AVS/ Adriana Oliveira)
Amanhecer em Nova Friburgo (Arquivo AVS/ Adriana Oliveira)

Com o cancelamento do horário de verão, os dias começaram a clarear em Nova Friburgo às 5h, algo que não acontecia nesta época há quase 35 anos. O horário especial foi revogado em abril pelo presidente Jair Bolsonaro, pondo fim a uma sequência que vinha desde novembro de 1985.

E a claridade, naturalmente maior nesta época do ano, vai ser percebida cada vez mais cedo. Vai ter dia em dezembro com o sol começando a despontar em Friburgo às 4h33.

O pôr do sol tem ocorrido por volta das 18h.

O objetivo do horário de verão era aproveitar os dias mais longos para obter um melhor aproveitamento da iluminação natural, principalmente no horário entre 18h e 21h. Nesse horário, as lâmpadas dos espaços públicos são ligadas, boa parte da população chega em casa e parte do comércio, escritórios e indústria continua ativa.

Mas, nos últimos anos, mudou o padrão de consumo do país. Lâmpadas incandescentes foram substituídas por lâmpadas mais eficientes, e o horário de pico de energia se deslocou do início da noite para o meio da tarde, por volta das 15h, devido ao aumento expressivo do uso de ar-condicionado.

Estudo do Ministério de Minas e Energia divulgado no ano passado já apontava para a perda de efetividade do horário de verão. Segundo a nota técnica, a adoção de outros instrumentos regulatórios, como a tarifa branca e preço por horário, poderia produzir resultados mais relevantes para o setor elétrico.

 

TAGS: Clima