Saque Forte reúne cerca de 40 crianças nos primeiros meses

Com capacidade para receber até 80 crianças, projeto já preencheu metade das vagas disponíveis
quarta-feira, 04 de dezembro de 2019
por Vinicius Gastin
Saque Forte reúne cerca de 40 crianças nos primeiros meses

São vários os objetivos a partir de uma boa ideia. Desenvolver a modalidade, fomentá-la novamente em Nova Friburgo, descobrir talentos e, principalmente, oportunizar a pelo menos 80 jovens o contato direto com o esporte. Com a reunião dessas propostas o projeto Saque Forte nasceu no município, e teve início com dois núcleos. Um deles funciona em Conselheiro Paulino, no ginásio Alberto Pinheiro (ao lado do Colégio Dr. Feliciano Costa), às terças e quintas-feiras, e o outro em Olaria, com atividades no ginásio do Colégio Estadual Canadá, às quartas e sextas-feiras, ambos a partir das 16h. 

“O objetivo do nosso projeto é trazer esses adolescentes para o mundo do esporte, desviando de qualquer possibilidade de algum outro caminho equivocado”, resume Fernando Miranda, um dos idealizadores e coordenadores da iniciativa.

Cada um desses núcleos conta com cerca de 20 alunos fixos, totalizando 40 meninos e meninas, de diversas escolas do município, sejam públicas ou particulares. Todas as atividades são gratuitas, mas há exigência, por exemplo, de um bom rendimento escolar para se manter no projeto. Podem participar jovens dos sexos masculino e feminino, da faixa etária de 12 a 18 anos, são convocados a participarem da iniciativa. O público-alvo são os alunos das Escolas das Redes Estadual e Municipal de Nova Friburgo, mas aqueles que estudam em instituições podem participar. 

A ideia é contar com 80 participantes, para desenvolver a iniciação, prática e formação de equipes no Desporto Voleibol. O detalhe é que as atividades são inteiramente gratuitas aos participantes. “Por ser um início, a gente não pensava que iria conseguir reunir tantos alunos. Superou as expectativas. Até porque já existem outros trabalhos na cidade, e o voleibol é dividido entre eles”, destaca Edson Freire.

Os treinamentos são comandados pelos professores Fernando Miranda (Árbitro da Confederação Brasileira de Voleibol, Professor de Educação Física e também Oficial da Reserva da Marinha do Brasil) e Edson Freire (ex-atleta de futebol Profissional pelo Friburguense Atlético Clube e Jogador da Seleção de Nova Friburgo de Voleibol), com larga experiência de 12 anos nas Escolinhas do Nova Friburgo Country Clube.

“O Projeto conta com os apoios da Marca do Sabor Condimentos, que no início contribuiu para compra de dez bolas de Voleibol, e também com a empresa SAF Assistencial e a Prefeitura de Nova Friburgo. Estamos buscando agora novos apoios e patrocinadores para desenvolver ainda mais o nosso projeto”, pontua Fernando.

Na nova fase do projeto, os coordenadores estão percorrendo algumas empresas em busca de apoio. O objetivo é levantar recursos para custear a participação das crianças no projeto. De acordo com a proposta, cada um dos atletas vai “custar” R$ 30,00, e o valor arrecadado será utilizado para a compra de uniformes, material de suporte e inscrição em competições no futuro próximo. 

 

TAGS: volêi