São Pedro da Serra por Paulo Toscano, Cuba Café

sábado, 29 de junho de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Paulo em São Pedro da Serra (Foto: Regina Lo Bianco)
Paulo em São Pedro da Serra (Foto: Regina Lo Bianco)

“Prefeito, tudo bem? Prazer em conhecê-lo! Meu nome é Paulo Toscano, sou repórter fotográfico. Me permite fazer algumas fotos do senhor aqui na Festa de São Pedro? 

- Por que não! Claro! Respondeu muito simpático o então prefeito de Nova Friburgo.

O senhor gosta dessa festa? Fiz mais uma pergunta.

- Paulo, participo da Festa de São Pedro, religiosamente, há mais de 45 anos! Adoro essa festa!

O dirigente público respondeu, dessa vez, me permitindo a aproximação que desejava por ser jornalista de imagem.

“Prefeito, gostaria de fazer um breve ensaio fotográfico. Preciso que o senhor vista vários desses chapéus que estão à venda nessa barraca ao lado. Topa? 

- Claro, pegue os chapéus, que farei com o maior prazer.”

O diálogo em meio ao frenesi de pessoas que lotavam aquela festa de São Pedro, de 2010, foi entre o fotojornalista Paulo Toscano e o então prefeito de Nova Friburgo, Heródoto Bento de Mello. O prefeito vestiu nada menos do que dez chapéus, posando sempre com um sorriso tímido, mas extremamente positivo para a imagem, que ilustrou a página do saopedrodaserra.blogspot.com, mídia criada pelo jornalista carioca que trata de temas variados dos distritos de Nova Friburgo. 

“Publiquei seis imagens que abriram as primeiras informações sobre a famosa festa de São Pedro, distrito de Nova Friburgo, lugar onde passei a morar em novembro de 2009”, revela Toscano.

Depois de trabalhar para os  jornais A Tribuna, de Niterói, O Globo, Folha de São Paulo e O Dia, de onde saiu em 2002, iniciou, em 2003, a carreira de docência na Universidade Gama Filho, após concluir a pós-graduação em Fotografia Como Instrumento de Pesquisa Nas Ciências Sociais, pela Candido Mendes, ao mesmo tempo em que atuava com fotojornalista em assessoria de imprensa, função que exerce até hoje. Em seguida, lecionou na Unesa, Uerj e na Ucam, campus Nova Friburgo.

Pai de Paulo Guilherme, 25, músico, e João Pedro Toscano, 21, letrista, formados pela Unirio, o jornalista decidiu largar tudo no Rio para continuar próximo aos dois filhos, que em 2007, com 14 e 11 anos,  acompanharam a mãe, que decidira sair da Tijuca para morar em São Pedro da Serra.

“Receoso com a possibilidade de me entediar, vivendo na “roça”, como definem meus amigos, resolvi criar um blog em que pudesse exercer a minha profissão e, dessa forma, me sociabilizar mais rápido com os nativos. Com isso fui fazendo amizades muito rápido e conhecendo os pormenores de uma vila muito simpática e agradável de viver. A festa de São Pedro me encantou pela possibilidade de perceber uma sociedade católica, com sua fé e tradições religiosas”.

Em 2013, Paulo Toscano decidiu conhecer Cuba, despertado pela presença no Brasil da socióloga e blogueira cubana Yoani Sánchez, uma crítica do socialismo cubano. A viagem, organizada por um amigo, permitiu que o jornalista deixasse o trabalho e fosse direto para o aeroporto e, na volta, deixasse o aeroporto e fosse direto para o trabalho.

“Foram 15 dias que me dediquei a conversar e fotografar cubanos em seus cotidianos, que resultaram numa bela exposição fotográfica intitulada “Dores Calderon, uma Rainha do Socialismo”, e, também, na fundação do Cuba Café & Fotográfica, cafeteria com fotografia, em São Pedro da Serra”.

TAGS: