São Pedro convoca população para ato público neste domingo

Protesto foi transformado em debate: objetivo é discutir melhorias na estrada que liga o distrito a Lumiar
quinta-feira, 09 de janeiro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
A estrada que liga São Pedro a Lumiar: sinuosa e mal sinalizada (Reprodução da web)
A estrada que liga São Pedro a Lumiar: sinuosa e mal sinalizada (Reprodução da web)

A Associação de Moradores e Amigos de São Pedro da Serra (Amasps) promoverá um ato público na Praça João Heringer (Coreto), neste domingo, 12, a partir das 14h,  para debater e planejar ações que melhorem as condições da Estrada Constância Heringer, que liga o distrito a Lumiar.

Segundo um dos empresários da região, João Carlos Leal, que mora há mais de 20 anos em São Pedro e integra o grupo diretor da Associação Comercial e Industrial do distrito (Acisps), a ideia é discutir e aprovar um modelo viável de estrada, "o mais próximo possível do que precisamos e merecemos como moradores de Friburgo".

A ideia inicial era fazer um protesto, dando o nome do prefeito e de seus secretários a cada um dos grandes problemas da via. Mas como a subprefeitura tomou rapidamente a iniciativa de tapar os buracos, a Amasps manteve o encontro, transformando o que seria protesto em debate.

"Entendemos que a estrada atual está que nem paciente terminal: mal reage aos medicamentos, no caso, às operações tapa-buracos. Elas  precisam ser frequentes de tão fina e fraturada é a camada de asfalto que restou. A prefeitura finge que não é com ela, empurra com a barriga e se finge de morta, dando sinais de vida apenas quando a gritaria é grande ou quando acontece algo grave. E assim os anos passam. Isso é que precisa acabar. Há cinco mil pessoas morando aqui, vários com estudo ou trabalho no centro, fora a produção rural que é grande e toda escoada por essa via. Tá passando muito da hora de São Pedro da Serra ser levada a sério e abraçada pelos bairros centrais como parte do mesmo município", disse ele.

TAGS: obra | Trânsito | Protesto