Retomada: Friburgo Rugby apresenta nova diretoria e objetivos para 2017

Equipe terá primeiro amistoso na próxima semana
quinta-feira, 09 de fevereiro de 2017
por Vinicius Gastin
Nova diretoria do Friburgo Rugby planeja participar do Estadual deste ano (Fotos: Divulgação)
Nova diretoria do Friburgo Rugby planeja participar do Estadual deste ano (Fotos: Divulgação)

Nova diretoria, ideias renovadas e objetivos bem definidos. Manter a tradição e de uma década e escrever novos capítulos de glórias. Os desafios são muitos, mas a dedicação dispensada promete igualar a proporção das dificuldades. O Friburgo Rugby começa 2017 com sonhos e metas, a partir da montagem de uma nova diretoria. Pedro Bezerra foi indicado para a presidência da equipe, que terá como vice-presidente Juca Santo. Para comandar a equipe à beira do campo, Felipe Sardou foi escolhido como treinador.

“Estamos juntando atletas e verbas para disputar a série A do estadual de 2017 na modalidade. Temos também uma parceria com a equipe de Juiz de Fora-MG para disputar jogos e campeonatos”, resume o presidente Pedro Bezerra, apresentando uma das novidades.

 Para buscar o título da competição estadual, o Friburgo Rugby treina regulamente. A equipe utilizava o campo próximo ao trevo de Mury, que acabou sendo bastante danificado com as chuvas no final do ano passado. As atividades, entretanto, prosseguem normalmente, e os treinamentos acontecem sempre aos sábados, às 10h, no Suspiro. Outras informações podem ser obtidas na página da equipe no facebook, que já conta com mais de 1.400 curtidas.

Amistoso na próxima semana

Em meio à preparação e expectativa por disputar a série A Estadual da modalidade, o Friburgo Rugby testará a equipe em jogo amistoso no próximo dia 18. O adversário será o Calx Cis, em partida que acontece na cidade vizinha de Cantagalo.

O Friburgo Rugby foi fundado por iniciativa de um grupo de amigos há aproximadamente dez anos. Inicialmente, a ideia era apenas oferecer uma nova opção de lazer através da modalidade. Junto à fundação da equipe, logo veio o apelido que caracteriza os jogadores: Cães de Pedra, numa referência à pedra do Cão Sentado, símbolo turístico da cidade, associado também à resistência do grupo às adversidades.

A partir do ano seguinte à sua fundação, em março de 2007, o Friburgo Rugby passou a disputar a elite fluminense da modalidade. Mostrando garra e determinação, o time friburguense conseguiu montar um grupo competitivo. Já no ano de 2008 sagrou-se campeão estadual da série B, e desde então, se mantém na posição entre os principais times do estado, conquistando o respeito de todos os adversários e amantes da modalidade no Rio de Janeiro.

O ano de 2011 foi marcante para a equipe: mesmo com as dificuldades ocasionadas pelo desastre natural na Região Serrana, o Friburgo Rugby manteve-se de pé, e conquistou vice-campeonato estadual. Em 2012, os Cães de Pedra conseguiram realizar uma série de partidas pelo campeonato fluminense em casa, no campo do Amparo Futebol Clube. Um dos jogos históricos no local aconteceu em 15 de julho daquele mesmo ano, quando o Friburgo Rugby derrotou a equipe do Itaguaí, por 39 a 10, de virada, e garantiu sua permanência na série A com a quinta colocação no torneio.

Os bons resultados motivaram toda a equipe, e o trabalho ganhou novas vertentes com o passar do tempo. Em março de 2012, uma escolinha foi montada para oferecer aulas inteiramente gratuitas para crianças a partir dos oito anos de idade, com exigência única de frequência e bom desempenho escolar. “Temos o projeto de retornar com a escolinha. Deveremos ter novidades em breve”, garante Pedro Bezerra.

Outra inovação foi a formação de um time feminino, que também volta a ter atenção especial a partir do recomeço da equipe. Na época de maior movimento, cerca de 15 atletas fizeram parte do grupo. As meninas chegaram a disputar o Circuito Fluminense de Rugby Sevens Feminino 2014, em Maricá, na modalidade olímpica seven-a-side (sete jogadoras). O circuito foi realizado em cinco etapas, com a participação de Niterói, Guanabara, Volta Redonda, Itaguaí, Friburgo e Tijuca.

E nada do CT...

Entre idas e vindas, sonho e realidade, a promessa da construção de um Centro de Treinamento na Via Expressa, no bairro Olaria, jamais saiu do papel. O Centro de Treinamento para a modalidade começou a ser construído, com a preparação do terreno, mas não avançou. O investimento total seria de R$ 1.041.505,70. O prazo inicial para a conclusão da obra era janeiro de 2016, mas as previsões mudaram diversas vezes por motivos variados. Fato é que, dentre outros problemas, o atraso no repasse de recursos paralisou as obras, que ainda não possuem previsão para a retomada.

O projeto inicial previa a construção de um campo oficial, mas as medidas não corresponderam às necessidades. Um novo espaço na localidade de Conquista, no distrito de Campo do Coelho, foi avaliado, mas logo descartado. O novo espaço, sem traves e tabelas, deve ser adaptado para a montagem de tatames, octógonos e quaisquer estruturas para a realização de eventos das diversas modalidades. Após a conclusão, o local receberá tatame, ring e octógono, e será utilizado para treinamento das equipes e competições de luta, ficando disponível ainda para as escolinhas de artes marciais.

O recurso de R$ 1 milhão, previsto em emenda parlamentar do deputado federal Glauber Braga (Psol), foi empenhado junto à Caixa Econômica Federal. A previsão era de que o valor fosse liberado dias depois para a abertura da licitação, que aconteceu em 21 de dezembro de 2013. Depois de longo atraso, a Prefeitura, à época, buscou regularizar as pendências passadas inscritas no Cauc (Cadastro da Receita Federal), na tentativa de limpar o nome de Nova Friburgo. Apenas dessa forma a Caixa Econômica Federal estaria apta a assinar os novos convênios com o município. Esforços que, até o momento, não foram suficientes para concretizar o sonho do Centro de Treinamento para o Friburgo Rugby.

  • Treinos acontecem sempre aos sábados em Nova Friburgo

    Treinos acontecem sempre aos sábados em Nova Friburgo

  • Equipe em ação em 2014: fundada há uma década, acumula resultados expressivos na modalidade

    Equipe em ação em 2014: fundada há uma década, acumula resultados expressivos na modalidade

TAGS: Friburgo Rugby