Responsabilidade de todos

quarta-feira, 03 de fevereiro de 2016
por Jornal A Voz da Serra

A PRESIDENTE Dilma Rousseff, em sua mensagem ao Congresso Nacional, deu o tom da preocupação do governo brasileiro com o avanço do zika vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti no país. Fez coro com as demais autoridades da saúde e o mundo está em alerta com a possibilidade concreta de propagação do mosquito.

A MAIOR preocupação é com o contágio do zika vírus, apontado como causa da microcefalia em recém-nascidos no Brasil. A primeira reação efetiva, adotada pela Organização Mundial da Saúde, foi a convocação de uma reunião extraordinária, realizada na última segunda-feira, 1º, em Genebra, que oficializou o alerta mundial. O zika vírus passa a ser considerado uma ameaça internacional, depois de se alastrar ou pelo menos ser identificado em 23 países das Américas.

O BRASIL está no centro deste debate e não pode menosprezar o alerta, até porque demorou para adotar medidas de combate ao mosquito e de apoio às mães de crianças com malformação craniana. É natural que, em meio às preocupações, surja o argumento de que o Brasil recebe neste ano, além das delegações de atletas de todo o mundo, milhares de turistas atraídos pela Olimpíada de agosto no Rio de Janeiro.

OS VISITANTES devem estar certos, mesmo que o evento ocorra num período em que a incidência do mosquito é quase nula, de que o país adotou providências para evitar que os danos provocados pelo Aedes aegypti continuem se multiplicando. Mas o principal objetivo do esforço governamental deve, antes, ser a defesa da saúde dos brasileiros, considerando- se principalmente que as populações pobres são as mais vulneráveis ao surto que agora alarma o mundo.

MEDIDAS DE prevenção, que mobilizarão inclusive soldados das Forças Armadas, devem criar entre a população a consciência de que todos, e não só o setor público, são responsáveis pela eliminação de focos de reprodução do mosquito. É uma medida banal, que não exige grandes esforços da população, mas que foi desprezada, durante anos, enquanto a maior ameaça era a dengue. O zika vírus, que comprometerá a vida de muitos brasileiros e de suas famílias, agrava a situação e expõe a extensão do desleixo.

TAGS: