Renato Bravo reassume prefeitura negando que tenha antecipado a volta

Vice Marcelo Braune, porém, agradece, em tom de brincadeira: “Fiquei satisfeito por você ter retornado um pouco antes"
sexta-feira, 17 de agosto de 2018
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
Na transmissão do cargo, o empresário Olney Botelho, o vereador Alexandre Cruz, Renato e Marcelo (Foto: Alerrandre Barros)
Na transmissão do cargo, o empresário Olney Botelho, o vereador Alexandre Cruz, Renato e Marcelo (Foto: Alerrandre Barros)

O prefeito de Nova Friburgo, Renato Bravo, disse nesta sexta-feira, 17, que seu retorno da Europa já estava previsto e não foi antecipado. Ele reassumiu o comando do Executivo na manhã desta sexta-feira, 17, após passar quase 20 dias em viagem oficial e férias pelo velho continente. O posto estava sendo ocupado pelo vice-prefeito Marcelo Braune desde o último dia 28 de julho.

“Eu não voltei mais cedo. A volta estava prevista para entre os dias 16 e 20. A minha passagem, inclusive, já estava marcada. Na verdade, eu tirei 30 dias de férias, como uma regra normal do trabalhador. Mas o Marcelo, o pessoal sabia que eu ficaria no máximo três semanas, contando com a semana da viagem oficial”, afirmou. Com isso, o prefeito ainda tem direito a dez dias de férias em outra oportunidade.

Conforme A VOZ DA SERRA noticiou em julho, Bravo embarcou com uma comitiva do governo municipal à Suíça no final do mês passado. A viagem oficial terminou no último dia 4, quando o prefeito emendou um período de férias, autorizado pela Câmara de Vereadores, e que duraria 30 dias. A expectativa era que Renato Bravo retornasse no dia 3 de setembro.

Na solenidade de transmissão do cargo, no gabinete do Palácio Barão de Nova Friburgo, o vice Marcelo Braune, porém, agradeceu, em tom de brincadeira, pelo retorno antecipado do prefeito. “Fiquei satisfeito por você ter retornado um pouco antes. Só espero que não tire mais férias”, disse Braune, provocando risadas em secretários, vereadores e empresários que estavam no gabinete.

Marcelo Braune disse ainda que o período como prefeito em exercício foi tranquilo, mas gerou uma dor de cabeça com o anteprojeto de lei enviado à Câmara que trata da concessão do transporte público municipal. O contrato com a empresa Faol vence em setembro e o texto acabou sendo encaminhado por Marcelo Braune ao Legislativo sem a apreciação da Procuradoria-Geral do município, o que fere a Lei Orgânica. A situação causou mal-estar nos bastidores.

Braune admitiu o erro e mandou cancelar o anteprojeto de lei e substituí-lo por outro. No último dia 7, o novo texto foi protocolado na Câmara. “Eu ainda não falei com Marcelo (Braune) sobre o assunto e não gostaria de me manifestar. O que posso dizer é que o governo vai trabalhar muito para que licitação seja feita o mais rápido possível. É o queremos e tem que ser feito rápido”, declarou Renato Bravo.

Na Suíça    

Sobre a viagem, o prefeito contou que foi muito bem recebido pelos suíços e não esperava um verão europeu tão quente. “Estava 40 graus lá”, disse ele, que viajou com a primeira-dama Cristina Bravo; o presidente da Câmara, Alexandre Cruz; e a chefe do cerimonial da prefeitura, Janaína Saad. Bravo disse que discutiu parcerias com autoridades suíças para fortalecer o intercâmbio entre estudantes dos dois países e, quem sabe, construir um Parque Tecnológico em Nova Friburgo com apoio do governo suíço.  

Também visitou outras cidades e conheceu a produção de frutos e bebidas locais. Esteve também em Basiléia, meca do transporte sobre trilhos, para obter mais informações sobre trens. Renato tem o desejo, compartilhado com outros friburguenses, de reativar o ramal que liga o distrito de Conselheiro Paulino à cidade vizinha de Sumidouro para que Nova Friburgo tenha um trem turístico.

O prefeito também disse que o projeto de construção de associação de moradores do bairro Nova Suíça deve ser implementado a partir de uma parceria com o Consulado da Suíça no Brasil. Ele ainda contou que esteve em Munique, na Alemanha, onde pode conhecer os preparativos para a Oktoberfest, a festa mais popular daquele país que começa no dia 22 de setembro. Bravo planeja realizar algo semelhante na Via Expressa, em Olaria. Na prática, porém, as parcerias ainda estão no papel.

TAGS: