Rádio “A Maldita” é tema de documentário

Fluminense FM marcou época com mulheres na locução e programação musical especializada em rock
terça-feira, 03 de dezembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Rádio “A Maldita” é tema de documentário

A programação do Festival do Rio de Cinema também contará o longa-metragem “A Maldita”, de Tetê Mattos, documentário que conta a história de uma das mais importantes emissoras de rádio brasileiras, a Fluminense FM, que marcou época no Estado do Rio na frequência 94,9 Mhz, tornando-se conhecida como “A Maldita”. A 21ª edição do festival começa na próxima segunda-feira, 9, e vai até o dia 19, em diversos cinemas e espaços culturais da capital.

Depois de muitos anos de pesquisa, entrevistas, captação de imagens e áudios raros, a cineasta mostra como a extinta rádio, criada em Niterói, no início de 1982, em plena ditadura militar, inovou com mulheres na locução de suas atrações e por lançar uma programação segmentada especializada em rock, gênero que naquela época não tinha espaço nas demais emissoras.  

Produzido pelo Canal Brasil, o documentário mostra imagens raras da cidade de Niterói no início dos anos 1980, outras da campanha Diretas Já, além das festas memoráveis, shows e takes raros no estúdio.  A produção vai mostrar que a rádio Fluminense FM escreveu um capítulo importante na história do rock brasileiro, dando oportunidade para várias bandas, entre elas, Paralamas do Sucesso. Mais informações sobre o festival de cinema e a programação completa em www.festivaldorio.com.br

 

TAGS: