Quinta tem mutirão de consultas com urologista no posto do Suspiro

Homens acima de 45 anos precisam apenas chegar, das 8h às 11h
quarta-feira, 28 de novembro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Quinta tem mutirão de consultas com urologista no posto do Suspiro

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Friburgo, por meio da Subsecretaria de Atenção Básica, vai promover nesta quinta-feira, 29, no posto de saúde Silvio Henrique Braune, no Suspiro, um mutirão de consultas com um médico urologista para homens acima de 45 anos, das 8h às 11h. As consultas serão feitas sob livre demanda, ou seja, sem a necessidade de encaminhamento ou marcação. É só chegar e se consultar. A Secretaria Municipal de Saúde avisa que é importante que os pacientes cheguem por volta das 8h para que a equipe do posto organize o serviço.

O mutirão é mais uma atividade integrante da campanha Novembro Azul, que busca conscientizar os homens para a necessidade de cuidados e prevenção à saúde, principalmente, estimulando a prevenção e o diagnóstico o mais precocemente possível do câncer de próstata.  

Outra iniciativa da programação do Novembro Azul ocorreu ontem, 28, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do distrito de Campo do Coelho. A ação foi coordenada pela Estratégia de Saúde da Família (ESF), em parceria com a Secretaria de Assistência Social, e ofereceu palestras sobre saúde do homem, sobre o câncer de próstata, seus sintomas e tratamento. Além disso, foram requisitados exames laboratoriais de PSA (antígeno prostático específico), que detecta o câncer de próstata, aos participantes com mais de 45 anos, que ainda participaram de uma roda de conversa, de sorteios de brindes e lanche comunitário.

O câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido à doença, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca). A conscientização a respeito do diagnóstico precoce é a maior ferramenta para reverter esta realidade.

TAGS: saúde