"Precisamos, como friburguenses, abraçar nossa cidade"

Presidente da Associação das Colônias de Nova Friburgo fala sobre o trabalho da entidade
sábado, 02 de junho de 2018
por Alex Quinta Blanco Alfaya* (Especial para A VOZ DA SERRA)
A colônia espanhola com seu presidente, Alez Quinta Blanco Alfaya
A colônia espanhola com seu presidente, Alez Quinta Blanco Alfaya

Nova Friburgo, terra de um povo forte, união de portugueses, africanos, suíços, alemães, espanhóis, italianos, libaneses, austríacos, húngaros e japoneses. Como a Fênix ressurgiu das cinzas, reergueu a cidade devastada de uma tragédia natural para voltar a ser referência no Estado do Rio de Janeiro como aquela bela cidade, a princesa dos Órgãos - Gentil, com sua natureza exuberante e seu contorno único de montanhas, esculpidas pela mão de Deus.

Precisamos, como friburguenses, abraçar nossa cidade e tratá-la com respeito, amor e carinho pois ainda é necessário muito esforço de todos para transformamos na cidade dos nossos sonhos.

Fomos prestigiados por representações políticas e diplomáticas que destacaram Friburgo além de nossas fronteiras. Fizemos esforço para recebê-los da melhor maneira possível. Quanto ao legado histórico, as colônias fazem um esforço louvável, trabalhando no sentido de torná-lo uma referência no resgate da nossa identidade. Junto às novas gerações, capazes de dar continuidade aos nossos ideais e junto à sociedade como todo. Vamos deixar marcas com certeza. Sem dúvida, a festa e a alegria ficou por conta do povo friburguense.

 A Ascofri, Associação das Colônias de Nova Friburgo, possibilitou a união dos povos formadores responsáveis pelo desenvolvimento econômico e cultural, valorizando nossa origem e nossa história. Cada povo que aqui chegava com sua história, cultura e tradição veio se somar aos demais, formando essa pluralidade que hoje vivenciamos em cada sobrenome, em cada  esquina, comércio e indústria de nossa cidade. Outro exemplo que Nova Friburgo está dando para o mundo é o reconhecimento do Papa Francisco de que é possível, 10 nações de diferentes etnias viverem unidas, em harmonia, prosperando a Paz Mundial.

O projeto Ascofri nas escolas, em parceria com a Prefeitura de Nova Friburgo, contempla 10 escolas municipais a cada ano, onde os países formadores se dedicam a contar a história da nossa cidade, para que nossas crianças possam conhecer suas origens e buscar um futuro mais digno.

Esse é o legado que desejamos deixar para nossos filhos em um país tão conturbado por problemas, com tanta falta de ética, honestidade,  educação e amor ao próximo. Precisamos lutar. E cada um fazendo seu trabalho de formiguinha, poderemos multiplicar e em um futuro próximo, transformar nossa cidade, nosso país, em um lugar melhor para nossos filhos.

*Presidente da Ascofri - Associação das Colônias de Nova Friburgo

 

TAGS: