Pré-matrículas nas escolas estaduais terminam nesta terça

Inscrições devem ser feitas pela internet. Mais de 200 mil candidatos já se cadastraram
terça-feira, 04 de dezembro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
O Colégio Estadual Jamil El-Jaick (Arquivo AVS)
O Colégio Estadual Jamil El-Jaick (Arquivo AVS)

 

O período de pré-matrículas na rede pública estadual de ensino termina nesta terça-feira, 4. O estudante que deseja ingressar em uma escola estadual em 2019 deve se inscrever por meio do link na página da Secretaria Estadual de Educação (Seeduc) no Facebook (www.facebook.com/SeeducRJ) ou pelo site Matrícula Fácil (www.matriculafacil.rj.gov.br) e escolher a unidade de sua preferência. Mais de 200 mil candidatos já se cadastraram pela internet.

Na página da inscrição, o aluno encontrará informações sobre como se cadastrar; escolas com vagas disponíveis; idade para cada série ofertada; como e quando confirmar a matrícula na escola. O sistema informatizado é uma maneira democrática e prática para que estudantes de outras redes de ensino - municipal ou privada, por exemplo - tenham oportunidade de estudar em uma escola pública estadual.

No momento da inscrição, o interessado pode escolher unidades de ensino médio regular ou as que ofertam o ensino médio integrado à educação profissional, em que o estudante também faz um curso técnico; ensino médio intercultural, que promove a proficiência de uma língua estrangeira; ensino médio inovador, com propostas curriculares inovadoras nas escolas; ou unidades que oferecem o curso de formação de professores e o programa Educação de Jovens e Adultos (EJA). São mais de mil unidades de ensino com oportunidades disponíveis em diversas modalidades de ensino.

A lista com os nomes dos alocados será divulgada no próximo dia 21 no site Matrícula Fácil (www.matriculafacil.rj.gov.br). Após a publicação da listagem, os interessados terão de 3 a 8 de janeiro de 2019 para confirmar a matrícula na unidade em que foram selecionados.

Em 2019, mais de 150 escolas estaduais vão ofertar o ensino médio em tempo integral e o curso profissionalizante de técnico de administração com ênfase em empreendedorismo. A formação desses alunos em tempo integral é diferenciada, pois os alunos terão carga horária adicional de 30% em Matemática e em Português, 100% de Língua Estrangeira (Inglês) e quatro disciplinas técnicas por ano letivo voltadas a área de Administração e Negócios, aprendendo desde constituir uma microempresa até executar seu projeto de vida”, explicou o secretário estadual de Educação, Wagner  Victer.

Ainda de acordo com o secretário, outro avanço deste modelo é que os alunos que concluírem os estudos nessas escolas também terão registro profissional do Conselho Regional de Administração (CRA). A iniciativa aumentará a oferta de oportunidades para os jovens, que se formarão como Técnicos em Administração e terão ampla aceitação no mercado de trabalho.

 

TAGS: Educação