Pra lotar: Frizão inicia venda de ingressos para o jogo da Copa do Brasil

O desafio é o duelo com o Oeste na próxima quarta-feira, 15, às 20h30, no Estádio Eduardo Guinle
segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017
por Vinicius Gastin
Friburguense inicia venda de ingressos: expectativa de bom público na Copa do Brasil (Foto: Divulgação)
Friburguense inicia venda de ingressos: expectativa de bom público na Copa do Brasil (Foto: Divulgação)

 O Friburguense está de volta às competições nacionais, e o torcedor terá papel fundamental nessa primeira fase da Copa do Brasil. O desafio é o duelo com o Oeste na próxima quarta-feira, 15, às 20h30, no Estádio Eduardo Guinle. Os ingressos estão à venda no departamento de futebol do Tricolor da Serra, no próprio estádio. Os preços para as sociais são R$10 para sócios e R$20 para não sócios e R$20 nas descobertas, com R$10 a meia-entrada. Há também outros postos de venda: Banca do Marinho, no Paissandu; Banca do Chiquinho, na Alberto Braune; e Posto Irmãos Thurler, em Conselheiro Paulino.  A carga total é de quatro mil ingressos.

A casa do Frizão vai estar pronta para receber a torcida tricolor. Foram feitas a limpeza e retoque na pintura das cadeiras, além de reparos diversos em alambrados, vestiários e outros setores do estádio. O gramado do Eduardo Guinle recebe atenção especial desde o final de 2016. O processo de adubamento foi concluído, e alguns pontos tiveram a grama replantada. Os cuidados são diários, com irrigação, corte e demais processos necessários, muitas vezes realizados pelo próprio gerente de futebol do clube, José Siqueira.

Historicamente forte quando joga em Nova Friburgo, o Friburguense voltou a fazer de sua casa um dos alicerces para o sucesso. A trajetória tricolor na Copa Rio de 2016 contou com cinco partidas na serra, onde a equipe conquistou quatro vitórias (contra Goytacaz, Boavista, America e Portuguesa) e um empate (diante do Resende). Foram 11 gols marcados e apenas três sofridos.

Time terá desfalques

Em meio à preparação, o Friburguense experimentou as sensações de alívio, pela recuperação de Bidu, dor pela perda do capitão Cadão e preocupação com as perdas de última hora. No último teste, contra o Serra Macaense – que terminou empatado por 2x2 –, o técnico Merica perdeu três peças importantes por conta de lesão. O zagueiro Roberto Junior, o meia Lucas Cunha e o atacante Ricardo estão vetados para o duelo com o Oeste.

Já o zagueiro Bruno, que também se lesionou no jogo-treino, treinou normalmente no fim de semana e não deve ser problema. Desta forma, ele deve fazer companhia a Bidu, recuado para a zaga. Apenas Léo, dentre os reforços para a temporada, deve fazer a estreia na Copa do Brasil. Os demais estarão disponíveis para a próxima fase, em caso de classificação, ou apenas para a série B do Campeonato Carioca, a partir de maio. A tendência é que o Friburguense tenha, nesta quarta-feira, uma equipe formada por Afonso, Sergio Gomes, Bidu, Bruno e Ricardo; Rafael, Lucas Toledo, Léo e Gleison; Ziquinha e Jarles.

TAGS: Friburguense Atlético Clube