PM frustra roubo seguido de sequestro e prende 5 em Banquete

Dentro de casa de comerciante quatro vítimas – três homens e uma mulher - foram encontradas amarradas
quinta-feira, 21 de novembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
O material apreendido (Foto: 11 BPM)
O material apreendido (Foto: 11 BPM)

Uma ocorrência de roubo seguido de sequestro assustou os moradores do distrito de Banquete, em Bom Jardim, no início desta semana. Cinco pessoas foram presas, sendo três homens e duas mulheres. Com eles a Polícia Militar apreendeu armas e munições, além de recuperar cerca de R$ 13 mil em dinheiro, celulares, relógios e um vídeo game das quatro vítimas dos criminosos.

O caso aconteceu na Estrada de Santa Cruz, em Banquete, distrito de Bom Jardim. Segundo informações passadas pelo comando do 11º BPM, uma pessoa fez contato com a polícia relatando ter visto dois homens armados renderem o proprietário de um mercado da localidade. Ao chegarem ao local indicado na denúncia, os PMs encontraram o estabelecimento fechado, porém com as luzes acesas. Desconfiados, os agentes se deslocaram até a residência do proprietário do mercado, que fica próxima ao comércio. Novamente os policiais militares acharam atípica a movimentação no interior do imóvel.

Quando algumas pessoas entraram em um veículo para deixar o local, os PMs tentaram realizar a abordagem, no entanto, os ocupantes do carro aceleraram e jogaram o veículo para cima dos agentes, que por sorte não foram atingidos. Só que o motorista acabou perdendo a direção do veículo e bateu contra o portão da casa.

Cercados pelos policiais militares, todos os ocupantes do veículo foram rendidos e revistados. No interior da residência, as quatro vítimas – três homens e uma mulher - foram encontradas amarradas. Elas afirmaram que foram rendidas e amarradas em casa para que os bandidos pudessem roubar diversos pertences. Com eles foram apreendidas duas pistolas, dois carregadores e munições. Também foi recuperado o material que seria roubado das vítimas: R$ 13.007 em dinheiro, três celulares, dois relógios e um videogame.   

Após serem ouvidos pelos policiais, os três acusados disseram que são oriundos do Rio de Janeiro e receberam apoio e informações privilegiadas sobre as vítimas de duas moradoras de Banquete – um de 23 e outra de 25 anos. Ambas foram presas em casa após serem denunciadas pelos autores do roubo seguido de sequestro. Os outros três acusados – de 18, 19 e 28 anos - também permaneceram presos.

 

TAGS: roubo