PM e traficantes entram em confronto pelo segundo dia no Alto de Olaria

GAT ouviu rajadas, o que indica que criminosos estavam usando armamento pesado como fuzil
quinta-feira, 26 de setembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
PM e traficantes entram em confronto pelo segundo dia no Alto de Olaria

Pela segunda noite seguida, policiais militares do 11º BPM entraram em confronto com traficantes no Alto de Olaria, em Nova Friburgo. A troca de tiros voltou a assustar moradores do bairro na noite desta quarta-feira, 26. Ninguém ficou ferido, e nenhum dos criminosos foi preso, segundo a PM. O policiamento segue reforçado na região. 

Agentes do Grupamento de Ações Táticas (GAT) foram ao loteamento Barroso, por volta das 20h30, checar denúncias de que haviam homens armados na localidade. Ao chegaram à Rua Balbino de Souza, foram recebido a tiros. Os PMs revidaram e os bandidos fugiram pela mata. 

O comando do batalhão informou que os policiais ouviram rajadas de tiros durante o confronto, o que indica que os criminosos portavam armamento pesado, como fuzil. Moradores do bairro já haviam denúncia à PM que os criminosos da facção que atua na região estavam portando fuzis. Recentemente, a polícia apreendeu uma réplica da arma no Alto de Olaria. 

O confronto desta quarta-feira foi menos intenso que no dia anterior, mas ainda assim assustou moradores. Na terça-feira, 24, a troca de tiros, também no loteamento Barroso, foi ouvida por moradores de diversos bairros do entorno, como Cônego, Cascatinha, Sítio São Luiz, Vargem Grande e Granja do Céu. Ninguém foi preso.

O comandante da PM, Paulo Roberto das Neves, informou que o GAT foi ao Barroso, na terça, checar informação de que criminosos estariam fazendo a distribuição de cargas de drogas na localidade, no início da madrugada. Ao chegarem à comunidade, os PMs foram recebidos a balas. Os agentes revidaram, dando início a uma intensa troca de tiros. 

“Nosso Grupo de Ações Táticas adentrou o morro, mas os marginais fugiram para uma área de mata. Até o momento nenhum marginal foi encontrado baleado”, disse o comandante. O policiamento segue reforçado no bairro, desde então. A Polícia Militar informou que conta com apoio da população com denúncias à central 190. 

 

TAGS: tráfico