Páscoa: empresários friburguenses esperam aumento de 20% nas vendas

Friburgo é referência na produção de chocolate, resgatando a memória dos pioneiros suíços
sábado, 24 de março de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Páscoa: empresários friburguenses esperam aumento de 20% nas vendas

Com a proximidade da Páscoa, as prateleiras começam a se rechear de chocolates, doces e produtos focados na data. Os comerciantes, que já se preparam para suprir essa demanda, torcem para que 2018 seja um ano de vendas mais significativas, já que os últimos dois anos não foram satisfatórios para esse setor da economia.

Segundo a Associação Brasileira de Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abacic), estima-se que o setor crie 23 mil vagas na indústria e nos pontos de vendas no Brasil. O domingo de Páscoa acontece no primeiro dia de abril e os primeiros 15 dias de março serão decisivos para determinar se as vendas serão ou não boas.

O Brasil é o maior produtor de ovo de Páscoa e o quinto maior consumidor de chocolate do mundo. No ano passado, foram produzidas nove mil toneladas de chocolate, o equivalente a 36 milhões de ovos de Páscoa, um número 38% menor do que em 2016.

Nova Friburgo é referência na produção de chocolate. A Queijaria Suíça, desde 1987, resgata a memória dos pioneiros suíços, famosos pela produção de queijos e chocolates. A Chocolataria produz chocolates artesanais dos mais variados sabores, que são também as principais atrações do Festival do Chocolate, que acontece uma vez por ano na cidade.

Com a forte referência, a cidade tem uma preparação especial para a Páscoa, e alguns empresários já pensaram em ações e promoções para o período. Gustavo Silva de Souza, proprietário da franquia Cacau Show em Nova Friburgo, em entrevista para a Associação Comercial de Nova Friburgo, afirmou que a loja está preparada para receber os consumidores este ano: “Abrimos de 12 a 15 vagas temporárias, e esperamos um crescimento de 18% das vendas em relação ao ano passado”, afirma. 

A Novamix Food Service, empresa local, preparou oficinas e ações para a data comemorativa: “Estamos esperando um crescimento de no mínimo 20% em relação ao ano passado. Tivemos a contratação de seis pessoas e, com o momento de crise, especificamente no Estado do Rio de Janeiro, os consumidores, de um modo geral, estão deixando de procurar os ovos tradicionais para procurar os ovos artesanais, já que os preços são mais acessíveis” afirma o empresário Bernardo Botelho. 
Com a venda de produtos para a produção dos ovos de páscoa e com a realização de oficinas, o empresário espera que toda a família se reúna para tornar a época de páscoa, um momento especial. 

A Associação Comercial tem parceria com diversos associados que oferecem produtos variados nesta época do ano. O conteúdo pode ser encontrado em nosso site: www.acianf.net.br.

Chocolate artesanal: opção de sabor e preço

Há algum tempo os chocolates artesanais vêm conquistando o gosto dos brasileiros. Se para alguns eles são garantia de renda extra -- principalmente na Páscoa, este ano comemorada no domingo, 1º de abril -- para outros o doce é uma opção aos tradicionais ovos e bombons disponíveis nas gôndolas dos supermercados e lojas do segmento.

Além da grande variedade de sabores, como recheios de mousse de leite ninho, morango, paçoca, brownie, marshmallow, nutella e decorações personalizadas, os chocolates gourmet, como também podem ser chamados, são ótimos para presentear familiares e amigos com criatividade e sem gastar muito. Isso porque, enquanto os ovos simples, sem recheio, de grandes marcas chegam a custar R$ 30 ou mais, é possível encontrar ovos recheados com bolo, trufa e brigadeiros pelo mesmo preço, ou ainda mais baratos, dependendo do peso.

Para a professora Carla de Paula, os produtos artesanais agregam inúmeras vantagens frente aos chocolates industrializados. “Eles são mais puros, não têm misturas, as embalagens são mais bonitas e podemos escolher o sabor e até solicitar uma combinação própria”, disse ela, que pretende repetir o sucesso da última Páscoa e presentear a família com chocolates caseiros.  “Todos adoraram!”, disse.

Pensando no espaço promissor, a empresária Juliana Falcão começou empreender no ramo para adoçar a renda da família e hoje produz um dos chocolates mais cobiçados de Nova Friburgo.  “O ovo de colher de brigadeiro de Oreo com mousse de leite ninho e nutella são alguns dos destaques. Mas o grande campeão de vendas é o ovo de colher com recheio de brigadeiro de chocolate meio amargo com brownie, caramelo e bacon”, pontuou.

Além de ovos, Juliana faz também bolos, tortas, macarrones, cupcakes e docinhos variados.  Mais informações sobre os doces podem ser obtidas através do telefone (22) 99900-6786 ou pela página https://www.facebook.com/pg/10chocobella.

 

TAGS: Páscoa