Padaria Miolo Mole: pão com sabor e função social

No lugar de muro, estabelecimento permitiu que a comunidade visse a Clínica Santa Lúcia de forma integradora
sábado, 07 de julho de 2018
por Paula Valviesse (paula@avozdaserra.com.br)

Localizada nas dependências da Clínica Santa Lúcia, a Padaria Recriar Ltda., mais conhecida em Mury como "Miolo Mole", carinhoso apelido dado pela comunidade, surgiu em 1997, quando o então diretor-médico da instituição,  Ivo Lima Kellis, resolveu derrubar o muro que cercava o local. O antigo muro representava a segregação de dois mundos até então distintos: o dos chamados "normais" e o dos pacientes ali internados. A ideia era justamente unir esses dois mundos e mostrar que as coisas não eram lá muito diferentes entre ambos.

No lugar do muro, ergueu-se uma padaria, que tornou a clínica auto-suficiente na produção de pães para consumo interno, além de permitir que a comunidade visse a Santa Lúcia com um outro olhar, passando a frequentá-la e a participar de sua vida institucional.

Hoje, depois de mais de 20 anos, inúmeros usuários passaram por suas dependências, aprendendo tanto o ofício de padeiro como o de atendente, resgatando a dignidade pessoal e sua participação na sociedade.

O padeiro responsável chama-se José Manuel, e atualmente o interno Márcio faz estágio no local, como aprendiz de padeiro. Os atendentes Gustavo e Francisco recebem a todos sempre com um sorriso, sendo reciclados constantemente para lidar com a clientela. A gerência cabe à Cristina Mastrângelo. A Padaria Miolo Mole mostra que o caráter simbólico do pão – o da comunhão – pode ser estendido a uma função social efetivamente transformadora.

 

TAGS: