Novo comandante do 11º BPM toma posse na próxima semana

Tenente-coronel Paulo Roberto das Neves Júnior chega para substituir Eduardo Vaz Castelano
quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
O tenente-coronel Paulo Roberto das Neves Júnior (Arquivo AVS)
O tenente-coronel Paulo Roberto das Neves Júnior (Arquivo AVS)

A Polícia Militar do Estado do Riodivulgou nesta quarta-feira, 16, a data para passagem do comando do 11º BPM (Nova Friburgo). A cerimônia, na qual o atual comandante, coronel Eduardo Vaz Castelano, passará a chefia da unidade operacional, que atende oito municípios da região, para o tenente-coronel Paulo Roberto das Neves Júnior, acontecerá na sede do Batalhão Tiradentes, no bairro Vila Nova, no próxima quarta-feira, 23, às 15h.

A mudança foi publicada na última sexta-feira, 11, no  boletim interno da Polícia Militar. Na publicação está estabelecido ainda que Castelano deixará o município para assumir o 6º Comando de Policiamento de Área (CPA), em Campos dos Goytacazes, no Norte fluminense.

O coronel Castelano estava à frente do 11º BPM desde abril de 2017. Com quase 28 anos de profissão, ele sempre teve uma grande conexão com o município, tendo trabalhado ao longo de 12 anos no policiamento local antes de assumir seu primeiro comando. Castelano retornou para Nova Friburgo depois de ficar um ano no comando do 26º BPM, em Petrópolis. Ele também comandou o 36º BPM, em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste do estado. Enquanto esteve em Friburgo seus dois filhos nasceram e se formou em Direito, na primeira turma da Universidade Estácio de Sá, em 1997.

Já o novo comandante do Batalhão Tiradentes, que além de Nova Friburgo faz o patrulhamento nos municípios de Bom Jardim, Duas Barras, Cantagalo, Cordeiro, Santa Maria Madalena, Trajano de Moraes e Macuco, tem a patente de tenente-coronel. Paulo Roberto das Neves Júnior também tem vasta experiência. Já comandou o 37º BPM (Resende) por duas vezes; o 33º BPM (Angra dos Reis); e também esteve à frente do 9º BPM (Rocha Miranda), na Zona Norte do Rio.

 

TAGS: Governo