Momento preocupante

quinta-feira, 08 de setembro de 2016
por Jornal A Voz da Serra

UM FOCO DE incêndio no Vale dos Pinheiros, no dia 7, provocou preocupação aos moradores do bairro e indicou que o momento é de voltar a se preocupar com as previsíveis queimadas na temporada. Os focos de incêndio começam a surgir e para não repetirmos os episódios dos anos anteriores, a hora é de ficarmos atentos, buscando formas de minimizar tais ocorrências. Sem a conscientização da população, os riscos aumentam ainda mais e um gesto impensado pode se transformar em tragédia de graves proporções.

OS BAIXOS níveis dos cursos de água revelam que os mananciais podem vir a sofrer alguma alteração, caso a estiagem seja prolongada. Tal fato, além de prejudicar a comunidade no abastecimento diário, ainda pode causar a degradação das margens e assoreamento, além da poluição dos rios e da mortandade de peixes. Para uma cidade que possui um rico manancial, que fornece água também a outros municípios, os rios friburguenses pedem mais atenção.

AINDA ESTAMOS longe dos tradicionais temporais que ocorrem no final do ano e devemos, portanto, ficar atentos. As informações da Defesa Civil, dando conta de milhares de pessoas vivendo em áreas consideradas de risco em Nova Friburgo, pressupõem meses de atenção redobrada tanto das autoridades como da população em geral. Para as queimadas e para as chuvas.

ALÉM DISSO, outros fatores atemorizantes da era do aquecimento global também estão presentes no cotidiano friburguense e exigem pelo menos a atenção em curto prazo das autoridades ambientais e de toda a sociedade. Por exemplo, o fato de contarmos com mais de 100 mil veículos circulando no município colabora para a emissão de gás carbônico, o temido CO², que no nosso caso tem valor significativo. Por tudo isso, e muito mais, somos responsáveis pelas alterações climáticas do planeta. Buscar uma saída envolve, portanto, ações de toda a comunidade.

O PROCESSO de informação e participação popular nas decisões estratégicas também está sendo levado em consideração, recebendo sugestões dos segmentos ambientais contribuindo para o aumento da conscientização da população. Os atuais candidatos a cargos eletivos estão abordando o tema ambiental em suas propostas de governo, reconhecendo e incentivando a integração de todos os setores por uma causa comum.

A QUESTÃO ambiental estará presente cada vez mais na realidade de todos. Problemas continuarão existindo, impondo novos desafios à comunidade. Cada um, portanto, deve fazer a sua parte, ainda que pequena. Através dessas múltiplas “pequenas ações”, podemos atingir o desejado desenvolvimento sustentável.

TAGS: