Ministério da Saúde libera R$ 3,1 milhões para construção de nova UPA em Friburgo

Liberação de recursos obtidos pelo deputado federal Luiz Lima depende agora de a prefeitura formalizar proposta junto ao governo federal
terça-feira, 25 de junho de 2019
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
Luiz Lima (à direita) em recente encontro com o ministro da Saúde para tratar de verbas para a saúde de Nova Friburgo (Reprodução da web)
Luiz Lima (à direita) em recente encontro com o ministro da Saúde para tratar de verbas para a saúde de Nova Friburgo (Reprodução da web)

O Ministério da Saúde liberou R$ 3,1 milhões para a construção de mais uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas em Nova Friburgo. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 25, pelo deputado federal Luiz Lima (PSL-RJ), o mais votado na cidade, que fez a solicitação dos recursos ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Especula-se que a unidade será instalada no bairro Olaria.

“Já está disponível para o município de Nova Friburgo, em especial para o Fundo Municipal de Saúde de Nova Friburgo, o cadastramento da proposta para o município receber o dinheiro e assim iniciar o processo licitatório para a construção da nova UPA”, comemorou o deputado. 

A autorização já havia sido dada pelo ministro no último dia 4 de junho, durante audiência com Luiz Lima em Brasília. Na ocasião, o deputado apresentou a Mandetta o cenário da saúde pública na Região Serrana do estado, com destaques para a situação da UPA do distrito de Conselheiro Paulino, do Hospital Municipal Raul Sertã, da atenção básica da saúde e do Hospital de Oncologia, cujas obras estão paradas.

Durante o encontro, Luiz Lima solicitou uma nova UPA para Friburgo. Após analisar a situação do município, Mandetta deferiu o pedido do deputado, mas falta a liberação dos R$ 3,1 milhões. O local de instalação da nova UPA ainda será discutido com o prefeito Renato Bravo e com a secretária municipal de Saúde, Emanuelle Mendonça, mas especula-se que será em Olaria, bairro mais populoso da cidade. 

Com o ministro, Luiz Lima também reiterou a importância da retomada das obras do Hospital do Câncer, na Ponte da Saudade. O governador Wilson Witzel (PSC-RJ) já informou que as obras devem ser retomadas ainda no segundo semestre de 2019. Mandetta disse ao deputado que o Ministério da Saúde está de portas abertas para viabilizar a abertura de novo convênio com o governo do estado para viabilizar o Hospital de Oncologia. 

“O ministro Mandetta disse que o Ministério da Saúde está de portas abertas para receber o novo projeto ou até mesmo manter o antigo. Assim que este contato ocorrer, será iniciado a abertura do convênio com o ministério para desafogar o cofre do estado", afirmou o deputado na ocasião.

Se a nova UPA de fato sair do papel, ela vai ajudar a desafogar a emergência do Hospital Municipal Raul Sertã, assim como a UPA de Conselheiro Conselheiro, que é regional e realiza sozinha seis mil atendimentos por mês. 

A VOZ DA SERRA entrou em contato com a Prefeitura de Nova Friburgo para saber se já existe um projeto de nova unidade 24 horas para cidade e onde ela deve ser instalada, mas ainda não obteve retorno. 

O financiamento da unidade é outra questão. As UPAs do estado são mantidas de forma tripartite, ou seja, pelos governos municipal, estadual e federal arcam com as despesas de funcionamento das unidades. Em Friburgo, após longo período, o estado voltou a contribuir com a manutenção da UPA de Conselheiro, que por mês recebe pouco mais de R$ 1,1 milhão (R$ 500 mil da União, R$ 400 mil do estado e R$ 262.351,15 da prefeitura).

 

TAGS: saúde